Líderes corintianos negam disputa por faixa de capitão

Líderes corintianos negam disputa por faixa de capitão

82 visualizações 1 comentário Comunicar erro

Líderes corintianos negam disputa por faixa de capitão

Líderes corintianos negam disputa por faixa de capitão

O torcedor já sonha com o Corinthians campeão da Libertadores, mas a imagem ainda não é nítida. Afinal, quem será o responsável por levantar a taça? O técnico Tite tem promovido um rodízio da faixa de capitão e Alessandro e Danilo disputam o posto na decisão desta quarta-feira contra o Boca Juniors. Os dois, porém, minimizam a import'ncia da faixa no braço.


'Independente de quem seja o capitão, o primeiro objetivo é vencer. Por quem o Tite decidir, todo mundo vai acatar. Temos que nos preocupar com o jogo', comentou Danilo. 'Ele já foi (capitão), eu também. Indiferente de quem colocar a faixa, a vontade e o desejo são maiores que a faixa', reforçou Alessandro (foto).

Do grupo corintiano, o único que sabe como é conquistar uma Libertadores é exatamente Danilo, campeão com o São Paulo em 2005. E o meia, uma das figuras mais importantes do Corinthians na competição deste ano, avisa que a taça é mais pesada que de costume. Não só literalmente. 'O importante é ganhar, independente do peso. Não é fácil ganhar, por isso ela (taça) se torna pesada. Ela não é fácil de se ganhar, ainda mais contra argentinos', lembrou.

Perto de se tornar bicampeão sul-americano, Danilo mais uma vez se destaca como autor de gols decisivos. O meia cresce em jogos importantes e tem sido assim cada vez que o Corinthians decide um confronto no Pacaembu. 'O momento é bom. Nos jogos aqui estou tendo mais oportunidade e graças da Deus a bola está sobrando. Numa final, vou estar ali para ajudar', disse o sempre discreto Danilo.

A maturidade observada no jogador que é o cérebro do time corintiano é vista também na maior parte dos titulares alvinegros para o jogo desta quarta-feira. Para Alessandro, isso pode ser decisivo para o título. 'Num grupo onde tem muitos jogadores de qualidade, o principal para se fortalecer e buscar conquistar o título é ser humilde para marcar, cumprir função tática. É importante colocar na cabeça que pode ser mais importante marcando e com isso o time cresce muito.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Rodriguinho comemora golaço na Arena Corinthians

    Com golaço e até 'nó tático', Corinthians detona Palmeiras e vence primeiro Dérbi de 2018

    ver detalhes
  • Abraçado pelo elenco na foto, Rodriguinho também ganhou carinho da Fiel no Notas da Torcida

    Rodriguinho brilha em campo e Carille fora: Fiel elege craques do Corinthians no Dérbi

    ver detalhes
  • Fábio Carille estreou novo esquema tático na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

    Carille admite 'passinho pra trás', festeja novo esquema, mas cogita mudança na estreia da Liberta

    ver detalhes
  • Lance que originou a expulsão de Jaílson deixou um corte na perna do volante do Corinthians

    'Tá aí a prova': Sangrando, Renê Júnior mostra corte que resultou em pênalti e expulsão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes