Pelé: 'Corinthians não precisa mudar nada'

Pelé: 'Corinthians não precisa mudar nada'

755 visualizações 8 comentários Comunicar erro

A segunda e decisiva partida da Libertadores, nesta quarta-feira, entre Corinthians e Boca Juniors, tem dado o que falar. Mereceu inclusive a análise de Pelé, que aproveitou para dar um conselho ao técnico Tite.

'O Corinthians precisa continuar jogando como vem fazendo, da mesma forma de sempre. Se não mudou nada e chegou até aqui, fazer alterações nesta hora pode complicar', disse o 'Rei do Futebol'.

Sobre o Boca Junior, Pelé acha que 'não há muito o que falar', embora ressalte a necessidade de se ter atenção com os argentinos. 'O time é experiente, pois tem conquistas internacionais e sabe muito bem como vencer a Libertadores', afirmou.

Pressionado a tomar um partido, Pelé disse não ter preferência. Optou pelo Corinthians, deixando claro que só o fez por ser brasileiro, como o Timão.

Seleção de 1970 ou a Fúria?


Na cola da decisão da Libertadores, um outro tema comentado por Pelé foi a inevitável comparação entre a seleção da Espanha, campeão da Eurocopa 2012, e a seleção brasileira de 1970, tricampeã mundial.

'Sempre comparam as seleções com a de 1970, pois o time foi eleito pela fifa o melhor de todas as Copas. Enquanto estiverem comparando as seleções com a de 70, para mim vai ser sinal de que aquela foi a melhor. Já compararam a Holanda do 'Carrossel' com a seleção de 70 e agora é a Espanha. Isso significa que o time de 70 é o parâmetro, logo é  melhor do que a Espanha'.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes