Pode comemorar, Fiel! Corinthians é campeão da Libertadores

Pode comemorar, Fiel! Corinthians é campeão da Libertadores

Emerson marca! Fiel faz a festa: Timão é campeão

Emerson marca! Fiel faz a festa: Timão é campeão

Foto: Rafael Neddermeyer / Agência O Dia

A espera acabou. O sonho virou realidade: o Corinthians é campeão da Libertadores para delírio da Fiel. E o título não fugiu das características da torcida. Foi com sofrimento, com drama, na raça, mas deu certo. O Corinthians é campeão da Libertadores, desejo de 10 entre 10 torcedores. O temido Boca Juniors caiu, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Vitória do Timão, 2 a 0, para garantir a alegria do bando de loucos. A Fiel está em festa. Os gols de Emerson Sheik não vão sair da cabeça dos torcedores. Já está na história. O Corinthians é campeão da Libertadores. Agora o Timão vai em busca de mais um Mundial.

O título do Timão é incontestável. É invicto. Uma campanha destinada a ser recompensada com título. O Corinthians foi o melhor da fase de grupos e eliminou um por um, destemido, a caminho do título. E ele chegou, torcida corintiana. Hora de comemorar!

Sheik foi o herói da final. Dois gols! A estrela do atacante brilhou mais uma vez. Título é com Sheik. Mas ele não foi o único a brilhar na campanha do Timão. Cássio, Alessandro, Leandro Castán, Chicão, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Alex, Danilo, Jorge Henrique, Sheik, Júlio César, Liedson, Willian, Romarinho, Wallace, Welder, Tite ... Todos foram heróis. 

A final foi tensa. O primeiro tempo foi amarrado. Muitas faltas e pouco futebol. O Boca perdeu o goleiro Órion, machucado. Sosa entrou em seu lugar. A 1ª etapa terminou empatada, sem gols. O drama aumentava. Mas a alegria estava por vir. E não demorou muito. A estrela de Sheik ia brilhar.

O início do segundo tempo começou com festa e alívio para a Fiel. Aos oito miutos, Alex cobrou falta para área, a zaga do Boca não conseguiu cortar e viu Danilo tocar de calcanhar para Emerson. O Sheik fuzilou e abriu o placar: 1 a 0.

O gol deu mais calma ao Corinthians. O Boca não conseguia superar a zaga do Corinthians. O cabeceio de Mouche fez a Fiel prender a respiração, mas Cássio não teve dificuldade para defender. Um minuto depois a Fiel explodiu. E novamente graças a Sheik. Ele aproveitou erro de passe do Boca, avançou e tocou na saída do goleiro: 2 a 0. O título era do Corinthians. Ninguém tirava mais. Pode comemorar, Fiel! O Corinthians é campeão da Libertadores.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Mesmo com torcida única, Corinthians ainda não perdeu no Morumbi em 2017

    São Paulo anuncia ingressos esgotados para clássico contra o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Fachada do estádio, no alto, com imagens de ídolos e os anos de glórias

    Estádio do rival do Corinthians cultua e respeita a história de quem fez história pelo clube

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes