Emerson Sheik revela oferta chinesa, mas segue no Corinthians

Emerson Sheik revela oferta chinesa, mas segue no Corinthians

Emerson Sheik revela oferta chinesa, mas segue no Corinthians

Emerson Sheik revela oferta chinesa, mas segue no Corinthians

O atacante Emerson revelou, no início da noite desta quinta-feira, em entrevista coletiva, que recebeu uma proposta tentadora de um clube da China, mas preferiu recusá-la para seguir defendendo o Corinthians. Herói da conquista do inédito título da Copa Libertadores, com dois gols na vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors, na última quarta, no Pacaembu, ele destacou que, pela segunda vez, deixa de aceitar uma boa oferta financeira enquanto jogador do time paulista.


'Ano passado recebi uma proposta muito boa dos Emirados Árabes e fiquei pelos meus filhos, agora veio essa da China e vou ficar pelo Corinthians', prometeu o atacante, para depois dizer que nem teve como festejar de forma efusiva o título corintiano, tendo em vista o fato de que precisou levar os filhos, que estavam no Pacaembu, para a casa depois do duelo diante do Boca.

O fato de poder vislumbrar a conquista do bicampeonato brasileiro pelo Corinthians e a chance de ser campeão mundial pelo clube no final do ano, no Japão, também o motivaram a continuar vestindo a camisa corintiana nesta temporada. O jogador, inclusive, acredita que o time tem chance de reverter a grande diferença de pontos em relação aos líderes do Campeonato Brasileiro, embora hoje o time esteja na penúltima posição da tabela.

Emerson falou sobre estes próximos objetivos ao comentar um vídeo que viu na internet, que exibia uma comemoração dos torcedores se abraçando nas arquibancadas de forma emocionada durante o duelo contra o Boca.

'É muito gratificante poder dar essa alegria a eles, agora a gente tem que tirar o Corinthians da zona do rebaixamento, pois ali não é o lugar do time. Não gosto de perder, somos os atuais campeões e, com todo o respeito aos adversários, vamos buscar esse título também, assim como o do Mundial. Eu quero ganhar tudo', projetou.

Sonnhando com títulos
Em seguida, Emerson enfatizou que o importante é acreditar na possibilidade de chegar a novos títulos neste ano. 'São seis meses ainda (até o Mundial), não sei se vou estar vivo até lá, mas se eu estiver quero ajudar a concretizar mais um sonho. E por que a gente já não pode começar a sonhar desde já?', questionou.

E o dia seguinte ao título do Corinthians não foi só de comemorações para Emerson. O atacante confirmou que um oficial de Justiça esteve na sua casa para entregar uma intimação pela manhã, mas não teve sucesso, pois o jogador não estava na residência. Ele havia saído para levar os seus filhos até um avião, fretado pelo atleta, que os levaria até o Rio, terra natal dos mesmos e do próprio atacante. Ele ainda garantiu não saber qual era o teor dessa nova intimação, após ter se envolvido anteriormente em outros problemas com a Justiça por diferentes motivos.

'É alguma coisa nova, essa não estou nem sabendo. Tem uma vizinha minha que está querendo me processar por causa da minha música alta, outro está reclamando até de goteira. Todo mundo só pensa em me processar, mas estou muito bem amparado (pelos seus advogados)', assegurou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes
  • Carille durante vitória do Corinthians em Osasco

    Carille diz qual foi maior trunfo do Corinthians em vitória sobre Audax

    ver detalhes
  • Atacante turco marcou o único gol da partida

    Kazim marca único gol da partida e Corinthians vence o Audax pelo Paulistão

    ver detalhes
  • Veja o gol da partida Audax 0x1 Corinthians

    VÍDEO: Veja o gol da partida Audax 0x1 Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes