Sheik explica duelo com 'boludo' Caruzo: 'Fiz provar do próprio veneno'

Sheik explica duelo com 'boludo' Caruzo: 'Fiz provar do próprio veneno'

Emerson não foi o destaque do Corinthians na decisão da Taça Libertadores apenas pelos dois gols marcados sobre o Boca Juniors, quarta-feira, no Pacaembu. Sheik travou também um duelo particular e até certo ponto engraçado contra o zagueiro Caruzo (veja no vídeo ao lado). Nesta quinta-feira, o atacante contou detalhes da disputa que tirou o argentino do sério durante o confronto.
– A ideia era que fosse um duelo honesto, mas por duas vezes ele cuspiu em mim. Eu pensei: “Como vou matar esse cara?”. Não poderia dar um soco, perder a cabeça. Fiz ele provar do próprio veneno. Eles (argentinos) gostam de fazer isso, e fiz com eles – afirmou.
Atacante e defensor se estranharam durante toda a partida, principalmente depois que Emerson trocou o lado esquerdo do campo para atuar mais centralizado, setor ocupado por Caruzo. A partir disso, o clima esquentou e os dois passaram a trocar ofensas e por algumas vezes quase chegaram às vias de fato.
Sheik chegou a morder um dos dedos de uma das mãos do zagueiro em uma disputa de bola. Ameaçado por ele, o atacante gesticulou tremendo as mãos para mostrar que não tinha medo. Por fim, ainda provocou o adversário pronunciando uma das poucas palavras que conhece em espanhol.
– Ele estava com o braço no meu rosto e estava me machucando. Não achei legal da parte dele. Se quer respeito, precisa dar respeito. Eu só falava “boludo” (idiota) porque achava bonita a palavra (risos) – disse Sheik, durante entrevista coletiva em sua residência, concedida logo após a inesperada visita de um oficial de Justiça.
Emerson, aliás, foi repreendido pelo capitão Alessandro no segundo tempo, momento de maior tensão com Caruzo, mas respondeu com a frase: “eu sei o que estou fazendo”. E sabia mesmo. Com dois gols dele em uma grande atuação na etapa final, o Timão levantou pela primeira vez o título da Taça Libertadores.

Sheik explica duelo com 'boludo' Caruzo: 'Fiz provar do próprio veneno'

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Willians tinha contrato por empréstimo até o fim da temporada

    Willians se despede de companheiros e não joga mais pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes
  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes