Fenômeno no Mundial?

Fenômeno no Mundial?

A diretoria de futebol do Corinthians não se anima com a possibilidade levantada por alguns de seus companheiros de clube de ver Ronaldo novamente com a camisa do Timão para a disputa do Mundial de Clubes - informação publicada com exclusividade pelo LANCENET!.
Na opinião do diretor Roberto de Andrade e do gerente Edu Gaspar, a integração do atacante aposentado ao grupo corintiano soaria como um desrespeito ao atual elenco e também aos adversários, que poderiam interpretar a situação como um menosprezo ou um "oba-boa."
- Eu vejo o Ronaldo mais como um embaixador, um cara que vai estar com a delegação abrindo portas, pelo seu histórico. Mas jogando não, até porque você tiraria uma das vagas do time. E acho que criaria um clima de festa, que nós não queremos, com todo respeito ao Ronaldo. Não estamos indo para fazer marketing, mas sim para jogar futebol e ser campeão - disse Edu, ao LANCENET!.
Antes, em entrevista coletiva, Andrade foi pego de surpresa com a notícia e até mostrou certa animação, embora acredite que a possibilidade seja pequena:
- Estou ouvindo de você (repórter) agora. Não sei te responder, mas seria uma ideia legal. Não sei se ele aceitaria ou se tem condição física para jogar. Mas futebol ele tem de sobra. Vamos conversar internamente para saber - disse ele, que jurou desconhecer a situação.

Fenômeno no Mundial?

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Carlinhos está recuperado de cirurgia no púbis

    Artilheiro da Copinha faz primeiro treino no Corinthians após cirurgia

    ver detalhes
  • Arana tem sido um dos principais destaques do Corinthians no Paulistão

    Arana passa por tratamento após pancada e pode desfalcar Corinthians na quarta

    ver detalhes
  • Clayton assinou contrato na manhã desta segunda-feira

    Corinthians anuncia Clayton como novo reforço

    ver detalhes
  • Arena Corinthians receberá a volta das quartas, dia 8 ou 9 de abril

    Rodada confirma volta das quartas na Arena Corinthians e deixa rival à mercê da PM

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes