Diretor do Corinthians diz que Paulinho fica no Timão

Diretor do Corinthians diz que Paulinho fica no Timão

Diretor do Corinthians diz que Paulinho fica no Timão

Diretor do Corinthians diz que Paulinho fica no Timão

Paulinho interessa a Inter de Milão, que procurou o Pão de Açúcar, dono de 45% dos direitos econômicos do atleta. Esse fato irritou Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians.

'Eles (Pão de Açúcar) estão no futebol para conseguir lucro financeiro. Já nos incomodou bastante na véspera de um jogo importante pela Libertadores. O Corinthians não vai aceitar isso. O Paulinho não sai do Corinthians. O Pão de Açúcar não tem o direito de decidir isso sozinho'?, disse em entrevista exclusiva ao programa 'Esporte em Debate'?, da Rádio Bandeirantes, nesta sexta-feira.

'Eles não estão negociando um saco de arroz como costumam fazer no Pão de Açúcar. É um ser humano, um atleta. Não funciona dessa forma'?.

Por sua vez, José Carlos Brunoro, diretor executivo do Audax, antigo Pão de Açúcar, negou que tenha feito a reunião. Em seu twitter, avisou que está de férias na República Dominicana.

Roberto de Andrade esclarece que antes de procurar o jogador, precisa falar com a equipe alvinegra. 'Eu peço a eles que conversem com o Corinthians. Até o momento o Corinthians quer conversar, daqui a pouco nem conversar mais vamos querer. Se tiver algum representante da Inter de Milão nos ouvindo, digo a eles que estão conversando com as pessoas erradas'?, finalizou.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes