FIFA: Consagração corintiana em destaque

FIFA: Consagração corintiana em destaque

FIFA: Consagração corintiana em destaque

FIFA: Consagração corintiana em destaque

Os regressos são o assunto dominante na mais recente análise estatística do FIFA.com, que traz a volta de Jordi Alba ao Barcelona, a renomeação de Louis van Gaal ao comando da Holanda e o emocionante retorno de lesão de Steve Zakuani. Também em destaque estão o mais novo campeão sul-americano e um gigante africano aparentemente imbatível.

jogos sem derrota no campeonato nacional é a sequência que o Al Hilal está defendendo no Sudão. O time da cidade de Omdurman, que é o maior campeão do país com 26 títulos, não sabe o que é perder um jogo na primeira divisão sudanesa desde que caiu diante do Al Ahly de Shendi por 1 a 0 em 28 de abril de 2011, há mais de 14 meses. Como consequência das 13 vitórias e um empate que acumula nas 14 partidas da temporada 2012, o Al Hilal já está quatro pontos à frente do atual campeão, o Al Merreikh, e cada vez mais perto de erguer a taça pela oitava vez em dez anos.

meses depois de sofrer uma contusão que colocou em risco o futuro da sua carreira, Steve Zakuani voltou a campo pelo Seattle Sounders no sábado, jogando por seis minutos. O retorno seria carregado de emoção em quaisquer circunstâncias, mas se tornou ainda mais memorável pela calorosa demonstração de espírito esportivo do atacante nascido na República Democrática do Congo. Ao final do jogo contra o Colorado Rapids, Zakuani fez questão de abraçar e trocar camisas com Brian Mullan, o mesmo jogador que havia sido duramente detratado ?' e suspenso por dez partidas ?' pelo carrinho que fraturou as duas pernas do astro do Sounders. Ainda na Major League Soccer, 15 também foi o tempo em minutos de que Álvaro Saborío precisou para tramar sozinho a vitória de 3 a 0 do Real Salt Lake diante do Portland Timbers, com a trinca de gols mais rápida da semana.

partidas, nenhuma derrota e o troféu de campeão da América: eis o balanço final da extraordinária campanha do Cortinthians na Copa Libertadores deste ano. Além disso, o clube paulista se tornou o primeiro em 34 anos a manter-se invicto no torneio ?' distinção que, ironicamente, havia sido alcançada por último pelo Boca Juniors, o finalista derrotado. O Timão também se tornou a nona equipe brasileira a conquistar o principal interclubes sul-americano, fortalecendo o histórico do país no continente. Com isso, a taça da Libertadores ficou no Brasil pelo terceiro ano consecutivo, repetindo a sequência registrada por Cruzeiro, Vasco da Gama e Palmeiras entre 1997 e 1999. No entanto, os times argentinos continuam sendo os maiores vencedores da competição, com 22 títulos contra 16 dos brasileiros. Juan Roman Riquelme conquistou três edições da Libertadores com o Boca, mas a derrota de quarta-feira marcou uma despedida amarga para o maestro do meio-campo, que está deixando o clube 16 anos após estrear com a camisa xeneize.

anos e cinco meses depois que a sua primeira experiência no comando da Holanda terminou em decepcão, Louis van Gaal reassumiu o cargo de técnico da seleção na sexta-feira. O ex-treinador de Barcelona e Bayern de Munique recebeu a missão de classificar a Laranja Mecânica à Copa do Mundo da FIFA, torneio de que o país ficou de fora na passagem anterior de Van Gaal, apesar de ele ter vencido 12 dos 14 jogos que dirigiu. Os holandeses estão acostumados a renomear antigos treinadores, e Van Gaal segue os passos de Karel Kaufman, Friedrich Donenfeld, Leo Beenhakker e Dick Advocaat, que receberam mais de uma chance à frente do selecionado, e do mítico Rinus Michels, que comandou a Holanda em quatro oportunidades. Van Gaal substituiu Bert Van Marjwik, que deixou o comando do país após a decepcionante participação na Euro 2012.

anos após ser liberado pelo Barcelona aos 16 anos de idade, Jordi Alba voltou ao clube na última quinta-feira ?' a um custo de 14 milhões de euros. Antes de ser rejeitado, Alba havia passado quase sete temporadas em La Masia, o famoso centro de formação do Barça. Em seguida, deu novo impulso à sua carreira em outro time catalão, o Cornella, que o vendeu ao Valencia pela modesta quantia de 6 mil euros. O lateral esquerdo retorna ao Camp Nou em alta, depois de disputar os 540 minutos da campanha vitoriosa da Espanha na UEFA Euro 2012, angariando muitos elogios ao longo da competição continental. Embora seja a primeira contratação de Tito Vilanova como técnico, o jogador espanhol não é o lateral mais caro do elenco azul-grená. Essa honra ainda pertence ao brasileiro Daniel Alves, o homem de 32,5 milhões de euros, a maior quantia já paga por um atleta da posição no mundo todo.

Fonte: FIFA

Veja Mais:

  • Resultados do domingo pressionam Corinthians para duelo desta segunda-feira

    Rivais vencem na rodada e diminuem vantagem do Corinthians na liderança; veja classificação

    ver detalhes
  • O Timão não conseguiu passar pelo Sorocaba na tarde deste domingo

    Gol ilegal e confusão da torcida: Corinthians/UNIP fica com o vice da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Corinthians/Guarulhos disputou a segunda rodada da Superliga de Vôlei neste domingo

    De virada, Corinthians/Guarulhos vence Minas e conquista primeira vitória na Superliga

    ver detalhes
  • Léo Príncipe, Maycon e Fagner estão na lista de jogadores divulgada pelo Corinthians

    Sem Pablo e Pedrinho, Corinthians relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes