Contra o Botafogo, Tite pede lealdade aos atletas para sair do inferno da zona da degola

Contra o Botafogo, Tite pede lealdade aos atletas para sair do inferno da zona da degola

Após a Libertadores, meta agora é a recuperação no Brasileiro

Após a Libertadores, meta agora é a recuperação no Brasileiro

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

Com a intenção de tirar o Corinthians da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, Tite foi direto e mandou seu recado, antes do jogo contra o Botafogo, nesta quarta-feira, às 19h30, no Pacaembu, pela atrasada 7ª rodada.

'Eu sei que é um momento em que há muitas especulações e possibilidades. Ouço, é natural que uma equipe campeã da Libertadores seja valorizada. O que pedi aos atletas foi lealdade comigo e com o clube. Quem não tem condição (de jogar) porque há uma negociação com a possibilidade de sair, vem e fala comigo e eu não boto para jogar. Quero ter consciência tranquila de que quem for para o jogo vai estar com a cabeça nele. Que não entrem meia boca, a meio pau', pediu Tite.


'Se de alguma forma está atrapalhando, pegue, posicione-se e não entre em campo. O técnico serve para alertar e antecipar. É um jogo importante contra o Botafogo e nós precisamos vencer', emendou.

Em meio à ressaca pela conquista do título e especulações sobre possíveis saídas de jogadores - casos de Paulinho, Alex, Chicão e Liedson - o Corinthians (19º colocado) pode deixar a zona de rebaixamento, em caso de vitória nesta noite. O Timão soma cinco pontos, dois a menos que o Coritiba - último clube fora do Z-4.

Os atacantes Jorge Henrique e Emerson estão vetados pelo departamento médico e ficam fora. O primeiro sente dores musculares na coxa direita, enquanto Sheik foi poupado por sentir um incômodo no tornozelo esquerdo devido a uma pancada que sofreu contra o Boca Juniors, na final da Libertadores. Portanto, o ataque será formado por Romarinho e Elton.

Na defesa, Paulo André assume a vaga de Leandro Castán, e o lateral Fábio Santos está confirmado. Ele havia torcido o pé esquerdo no treino de segunda-feira e era dúvida.

Passo a passo, Tite sabe como mobilizar seus jogadores em busca do segundo título nacional consecutivo, até como forma de preparação para o Mundial.

'Não acredito em mobilizar, soltar, mobilizar, soltar', disse.

'O primeiro objetivo é sair do inferno. Depois chegar no G-10. A realidade é essa', emendou o treinador.

Pelo lado do Botafogo, Vítor Júnior, emprestado pelo Corinthians, não foi liberado para o jogo e é desfalque. Para tanto, o técnico Oswaldo de Oliveira sabe que encontrará muitas dificuldades.

'O Corinthians é difícil de ser batido, leva poucos gols e se defende de forma eficiente', concluiu o treinador.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes