Com apoio de secadores, ibope do Corinthians goleia o do Palmeiras

Com apoio de secadores, ibope do Corinthians goleia o do Palmeiras

Com apoio de secadores, ibope do Corinthians goleia o do Palmeiras
Primeiro, aos conformes: a Libertadores é a cereja do bolo das chuteiras tupiniquins, bem mais importante que a Copa do Brasil; o Corinthians tem a segunda maior torcida do país, com 25 milhões de fiéis (13% do total), contra 12 milhões do Palmeiras (quarto, com 6%) e 1,1 milhão do Coxa (18º, com 0,6%), de acordo com a última pesquisa da Pluri Consultoria.

Segundo, aos finalmentes: o último duelo da segunda competição mais badalada do país levou uma tremenda sapatada da final do torneio continental no ibope da plim-plim na grande Pauliceia dos ônibus em chamas.

Enquanto Coritiba x Palmeiras cravou 29 pontos de audiência (sete na Band), Corinthians x Boca rendeu 48 (75% dos televisores ligados) – o primeiro embate, em La Bombonera, atingiu 42 pontos.

Terceiro, ao jardim das pimenteiras: o ibope mostrou que o exército de secadores, comandado pelo general Mick Jagger, montou uma artilharia para matar o gavião muito maior do que na caça ao periquito.

A diferença nos números confirma a pesquisa da Stochos & Entertainment: de cada cinco pessoas que acompanham as bicudas, uma torceu contra o Corinthians, com destaque para os palmeirenses - 85% dos entrevistados.

Fonte: espn-estadao

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes