Danilo comanda virada do Corinthians sobre o Náutico

Danilo comanda virada do Corinthians sobre o Náutico

O Corinthians campeão da Libertadores e do Brasileirão do ano passado está de volta. Depois de tropeçar no Botafogo e no Sport, o Timão venceu o Náutico por 2 a 1, de virada, no Pacaembu. E o herói voltou a ser Danilo, que marcou duas vezes com sua tradicional frieza e tirou a equipe da ‘chata’ zona do rebaixamento.

Logo no começo da partida, a ressaca da Libertadores parecia continuar atormentando o Timão. Em três minutos de bola rolando, o Náutico teve cinco escanteios a favor e quase abriu o placar com Araújo. Mas aos poucos, o toque de bola da equipe alvinegra começou a encaixar. Em uma boa jogada de Welder, Danilo dominou na área, girou e exigiu grande defesa de Felipe.

O problema é que os pernambucanos exploravam bem os contra-ataques. Em um deles, Elicarlos pegou a sobra na entrada da área, bateu no cantinho de Càssio e balançou a rede. Susto na Fiel torcida, mas que durou pouquíssimo tempo.

Dois minutos depois, Paulinho deu um lançamento precioso para Danilo. O camisa 20 dominou com classe e acertou o ângulo de Felipe. Alivio e pressão corintiana até o intervalo. Welder quase virou, Romarinho também. No entanto, o segundo gol ficou para a etapa final.

E o grito de gol foi saindo aos poucos da garganta. Após cruzamento de Emerson, a zaga cortou e a bola bateu na trave. Na sobra, Paulinho acertou o travessão. Romarinho tentou de cabeça e a bola sobrou desta vez para Danilo. O camisa 20 bateu de primeira e marcou o segundo.

A vantagem esfriou o ânimo corintiano. Com muito toque de lado, a equipe cadenciou a partida e tentou marcar o terceiro em algumas arrancadas. Em uma delas, Emerson fuzilou para boa defesa de Felipe. Lá atrás, a zaga voltou a mostrar a firmeza de outros tempos e levou apenas dois sustos no fim.

A primeira chance dos pernambucanos foi em um chute cruzado que Araújo, sozinho, completou para a rede, mas o atacante estava muito impedido. Aos 42 minutos, Romero encobriu o goleiro Cássio que havia saído para cortar um cruzamento e acertou o travessão.

Mas a sorte, a competência e a qualidade do campeão da América voltaram a brilhar e garantir a festa da Fiel.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Mesmo com Jô, Timão não foi páreo para Flamengo na tarde deste domingo

    Sonolento, Corinthians leva três no primeiro tempo e é derrotado pelo Flamengo

    ver detalhes
  • Após revés, Timão foi aplaudido por torcedores presentes na Ilha do Urubu

    Volante beira nota zero, e Giovanni é eleito o melhor do Corinthians em derrota

    ver detalhes
  • Danilo fica no Corinthians por mais uma temporada

    Carille confirma renovação do contrato de Danilo com Corinthians

    ver detalhes
  • Balbuena e Romero, os paraguaios do Corinthians

    Romero se torna o estrangeiro com mais jogos na história do Corinthians; Balbuena chega ao 100º

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes