FIFA: Viradas que valem muito

FIFA: Viradas que valem muito

FIFA: Viradas que valem muito

FIFA: Viradas que valem muito

O início da nona rodada, neste sábado, ofereceu mais uma boa amostra do equilíbrio que o Campeonato Brasileiro proporciona aos clubes que o disputam. Numa jornada de muito frio em Florianópolis e São Paulo, não dava para bobear.

Que o digam o Figueirense e o Náutico, que chegaram a ficar na frente do placar, de olho em vitórias importantíssimas, mas tomaram a virada, respectivamente, do Atlético Mineiro, que, desta forma, se garantiu na liderança, e do Corinthians, que deixou a zona de rebaixamento.

Em Florianópolis
A capital catarinense assistiu a um dos jogos mais movimentados deste primeiro quarto de competição, vencido por 4 a 3 pelo imponente Atlético, justificando sua condição de líder, com 22 pontos - mais do que tudo o que havia somado no primeiro turno de 2011 em 19 jogos.

O time mineiro saiu na frente, em pênalti cobrado por Ronaldinho Gaúcho, seu segundo gol em sua nova equipe. Sem se abalar, motivado com uma estreia vibrante de Sebastian Abreu em campo, o Figueirense pulou com um 2 a 1 no mesmo primeiro tempo: de cabeça com o zagueiro Anderson Conceição e depois nos pés do experiente Júlio César, numa bela trama ofensiva.

Após o intervalo, o Figueira contou com mais um gol de Julio Cesar para ampliar: 3 a 1 e uma suposta vitória de respeito para seus torcedores. Mas os visitantes não se deram por vencidos, não.

Ainda deu tempo de o Galo buscar novamente o empate e os três pontos em uma grande arrancada. O zagueirão Leonardo Silva fez o segundo, o pequenino Bernard, de cabeça, guardou o terceiro, completando cruzamento na medida de Jô e, por fim, mostrando a força do elenco, Guilherme anotou o quarto. O atacante havia acabado de retornar a campo depois de um longo período afastado devido a um estiramento na panturrilha.

Em São Paulo
O técnico Tite, durante a semana, fez o pedido: que fossem cessadas as comemorações pelo título inédito da Copa Libertadores e a conquista de uma vaga na Copa do Mundo de Clubes da FIFA Japão 2012. O meia Danilo atendeu prontamente na virada sobre o Náutico, no Pacaembu: 2 a 1.

O volante Elicarlos, que já teve uma breve passagem pelo Cruzeiro, inicialmente deu um susto na torcida corintiana, ao bater na entrada da área, buscando o cantinho esquerdo de Cássio para abrir o placar.

Dessa vez, porém, o Corinthians conseguiu responder imediatamente. Logo no minuto seguinte, após cruzamento da direita, Danilo dominou dentro da grande área pela esquerda e bateu com muita categoria, sem tomar distância da bola, em diagonal.

No segundo tempo, ele fez o segundo em mais uma bela finalização. Após jogada individual de Emerson pela ponta esquerda, a defesa do Náutico tentou o corte e mandou a bola contra a sua trave. Paulinho pegou a sobra e carimbou o travessão. Na sequência, Fábio Santos ajeitou de cabeça para o veterano meio-campista chutar cruzado, balançar a rede outra vez e colocar a equipe em vantagem.

Foi um gol chorado que fez o Corinthians saltar nada menos que oito posições, ocupando agora a 13ª colocação, com boas chances de escapar da zona do descenso ao final dos jogos de domingo. Foi a segunda vitória na competição.

Fonte: FIFA

Veja Mais:

  • Willians tinha contrato por empréstimo até o fim da temporada

    Willians se despede de companheiros e não joga mais pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes
  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes