Atacante peruano quer a camisa 9 e disse ter conhecido a torcida corinthiana

Atacante peruano quer a camisa 9 e disse ter conhecido a torcida corinthiana

Guerrero já treinou com a camisa do Corinthians

Guerrero já treinou com a camisa do Corinthians

O atacante Paolo Guerrero chegou ao Corinthians com a fama de rebelde. Ele coleciona suspensões por jogadas violentas durante passagem pelo futebol alemão. Apresentado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o jogador peruano se diz um novo “louco”, mas avisa que está mais tranquilo e maduro.

Contratado para a disputa do Mundial de Clubes, no Japão, em dezembro, Guerrero terá de enfrentar o medo de avião. Time popular do Peru, o Alianza Lima teve seu elenco vitimado por desastre aéreo em 1987. O tio dele estava no avião e faleceu.

“Tive problema estomacal uma vez quando. Teve também o desastre do Alianza Lima [clube peruano]. Mas não será problema”, declarou o atleta, que fechou acordo por três anos.

Fã de Ronaldo, Guerrero diz ser um jogador lutador, destacando que já se envolveu em polêmicas justamente pela intensidade em campo. Mas afirma estar mais calmo.

“Creio que serei um novo louco. Sou um lutador em campo, me sinto contente estar no Corinthians. Quero dar alegria à torcida. Aprendi muito com os erros, mas estou mais maduro”.

Fonte: Esporte UOL

Veja Mais:

  • Corinthians entra em campo nesta segunda, pela 30ª rodada do Brasileirão

    Veja como assistir o jogo entre Corinthians e Botafogo desta segunda pela televisão

    ver detalhes
  • No primeiro turno, jogada de Pedrinho e gol de Jô decidiram vitória do Timão sobre o Botafogo

    Corinthians encara Botafogo no Rio de Janeiro para recuperar vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Time Sub-17 do Timão tem duas decisões na semana

    Do campo às quadras: a semana de compromissos do Corinthians em todas as modalidades

    ver detalhes
  • Resultados do domingo pressionam Corinthians para duelo desta segunda-feira

    Rivais vencem na rodada e diminuem vantagem do Corinthians na liderança; veja classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes