FIFA: O campeão voltou com força total

FIFA: O campeão voltou com força total

FIFA: O campeão voltou com força total

FIFA: O campeão voltou com força total

O campeão da Copa Libertadores da América 2012 não tomou conhecimento do Flamengo na noite desta quarta-feira e voltou com força total à disputa do Campeonato Brasileiro. Superior durante toda a partida, o Corinthians venceu o confronto de gigantes no Engenhão por 3 a 0 e complicou ainda mais a já delicada situação do clube carioca. Em Belo Horizonte, o Atlético-MG emplacou a quinta vitória consecutiva e manteve a liderança da competição, mas vê o Vasco no retrovisor depois do triunfo sobre o São Paulo no Morumbi. O FIFA.com traz os destaques da décima rodada do Brasileirão. 

Douglas custou a descolar uma vaga no meio de campo do Corinthians. A chance, na verdade, só apareceu depois da negociação do antigo titular, Alex, com o Al Gharafa, e foi muito, muito bem aproveitada: o ex-gremista estava no lugar certo para aproveitar falhas crassas do time do Flamengo e marcar os dois primeiros gols do Timão. Aos 26, tomou a bola após bobeada de Bottinelli, arrancou pela direita e arrematou na saída de Paulo Victor para abrir o placar. Aos 39, recebeu em seus pés um presente de Renato Abreu, que afastou a bola da área de calcanhar, e da intermediária soltou uma bomba para fazer 2 a 0. 

'É ótimo poder voltar a jogar, fazer gol, mas o mais importante é conseguir a vitória. O time está crescendo, voltando a vencer. A equipe já tem um entrosamento bacana e assim fica mais fácil mostrar um bom futebol', diria Douglas, grande nome da partida, ao fim da partida.

O domínio corintiano, evidente desde o apito inicial, se manteve na segunda etapa, apesar da tentativa de Joel Santana de mudar a cara do jogo com a entrada de Adryan. Apostando que sua equipe 'empataria a partida ou perderia de quatro' com a mudança, o treinador rubro-negro quase acertou: Danilo ampliou para o Timão logo aos nove da segunda etapa e Emerson ainda parou em Paulo Victor na cobrança de um pênalti cometido por Airton.

Galo mantém a ponta e Vasco segue na cola
Diante de um Independência lotado, o Atlético-MG quebrou o tabu de nunca ter batido o Internacional na era dos pontos corridos do Brasileirão e, com uma atuação convincente, derrotou o time gaúcho por 3 a 1, chegando ao quinto triunfo consecutivo e mantendo a liderança da competição. Os mineiros dominaram a primeira etapa e abriram o placar com Guilherme, já aos 46 minutos, ampliando aos 15 da segunda etapa com Leonardo Silva. O Inter bem que tentou reagir com Fred quatro minutos depois, mas o argentino Escudero garantiu a vitória aos 46.

Com 25 pontos, o Galo é seguido de perto pelo Vasco, que desbancou o São Paulo em pleno Morumbi e segue na vice-liderança da tabela, com 23. O time carioca ignorou a estreia de Ney Franco na casa do Tricolor e garantiu o resultado graças ao gol solitário de Fagner aos cinco minutos da etapa final. Com 16 pontos, o São Paulo deixou o gramado sob vaias da torcida, que pediu raça durante a partida. 

Santos empata mais um e Grêmio entra no G-4
Sem Ganso e Neymar, dedicados à missão de ajudar a Seleção Brasileira a conquistar o primeiro ouro olímpico do país em Londres 2012, o Santos esbarrou em um bem armado Botafogo na Vila Belmiro e, em uma partida de muita marcação e pouca emoção, mais uma vez ficou em um morno 0 a 0.

O placar que o time de Muricy Ramalho conhece tão bem - a igualdade sem gols foi a sétima do Peixe no Brasileirão 2012 - foi um resultado inédito para o Alvinegro carioca, dono do melhor ataque da competição, com 21 gols até o momento. Além de passar em branco pela primeira vez, a equipe de Oswaldo de Olivera deixou o G-4, cedendo lugar ao Grêmio.

No Olímpico, o Sport quase complicou os donos da casa ao abrir o placar com Felipe Azevedo no fim do primeiro tempo. Mas Marcelo Moreno iniciou a reação gremista aos 18 da etapa final e Leandro deixou o banco para dar aos gaúchos uma virada impressionante: o atacante marcou duas vezes, aos 28 e 35, e garantiu uma importante vitória que levou a equipe a 18 pontos e à zona de classificação da Libertadores.

E o que mais?
O Cruzeiro quebrou a incômoda sequência de três derrotas no Campeonato Brasileiro ao bater a Portuguesa por 2 a 0 em pleno Canindé, com gols de Wellington Paulista, de pênalti, e Diego Renan. Agora com 17 pontos, os mineiros voltam a brigar com os primeiros colocados por uma posição no G-4, enquanto a Lusa segue com oito pontos e pode entrar de vez na zona de rebaixamento.

Nos Aflitos, Kieza justificou a animação da torcida do Náutico em sua reestreia pela equipe: de volta depois de uma passagem pelos Emirados Árabes, o jogador foi fundamental na vitória sobre a Ponte Preta por 3 a 0 ao marcar dois gols e dar o passe para o tento de Souza nesta quarta-feira.

Fonte: FIFA

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes