Poupado contra a Lusa, Danilo pede bom senso na parte física

Poupado contra a Lusa, Danilo pede bom senso na parte física

O foco atual é o Brasileirão, mas não tem como esconder que o planejamento do Corinthians é feito de olho na disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão. Por este motivo, a comissão técnica corintiana mantém o rodízio de atletas para evitar lesões musculares. A ideia não é poupar, mas sim utilizar o bom senso na hora de escalar ou relacionar atletas.

Preservado pelo departamento físico diante da Portuguesa (empate por 1 a 1), no último sábado, Danilo voltou a treinar normalmente com o grupo e retorna ao meio de campo contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Questionado se será frequente sua ausência por causa da idade, o meia descarta e acredita que dependerá do desgaste de cada partida.

'Depende de cada um. Todo mundo é inteligente o suficiente para saber a hora que dá para jogar ou não. Tem jogador que desgasta mais. Nesta sequência de jogos de quarta e domingo precisa ter bom senso para não estourar', ressaltou o meia do Timão.

Contra a Raposa, Danilo voltará a atuar como meia centralizado, já que Douglas está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Curiosamente, quase como um atacante, a chuva de gols do camisa 20 aconteceu quando foi deslocado para atuar pela ponta. 'O importante é ajudar os companheiros, independente de quem faça o gol', enfatizou o meia alvinegro.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes