Chelsea africano e time de Conca podem aparecer no caminho do Corinthians

Chelsea africano e time de Conca podem aparecer no caminho do Corinthians

Os tempos em que o campeão europeu e o campeão sul-americano disputavam um jogo em cada continente para decidir quem era o campeão mundial já acabaram, mas o Corinthians pode ter que enfrentar o Chelsea duas vezes para ganhar o título de melhor equipe do planeta.
Isso porque, antes de um eventual duelo com o time de John Terry, Frank Lampard e Fernando Torres, outro Chelsea pode pintar pela frente dos brasileiros.
A versão alternativa do clube inglês responde pelo nome de Berekum Chelsea, o campeão da temporada passada da Premier League. De Gana, não da Inglaterra. O Berekum ganhou o direito de disputar a primeira CAF Champions League - o torneio interclubes da África - de sua história e brigar por uma vaga no Mundial graças ao título nacional e não está fazendo feio. Os ganeses passaram por três eliminatórias antes de se juntar a outros sete times na fase de grupos.
Os concorrentes do Berekum Chelsea são duros. Equipes como os egípcios Al Ahly e Zamalek, hexa e penta campeões da Champions africana, respectivamente e o Mazembe, do Congo, pesadelo do Internacional no Mundial de clubes de 2010 e tetracampeão continental.
Mas os ‘Blues’ de Gana estariam se classificando às semifinais se o torneio acabasse hoje: com quatro pontos em duas rodadas, são os atuais vice-líderes do grupo A, atrás do Al Ahly, que tem seis pontos e à frente de Mazembe, com um ponto e do Zamalek, zerado.
No grupo B, o Esperance Túnis e o Etóile do Sahel, ambos da Tunísia, lideram, seguidos por Sunshine Stars, da Nigéria e Olympique de Chlef, da Argélia.
O campeão da África será conhecido apenas em novembro, um mês antes da estreia do Mundial.
Outros times pitorescos podem ser adversários do Corinthians no primeiro jogo do Mundial de clubes. Como o Guangzhou Evergrande, novo milionário do futebol chinês e liderado pelo meia Dario Conca, ex-Fluminense.
A equipe que é treinada pelo italiano Marcelo Lippi e também conta com os brasileiros Paulão, zagueiro ex-Grêmio, Muriqui meia ex-Vasco e Cléo, atacante ex-Atlético-PR, enfrenta o Al Ittihad, da Árabia Saudita, nas quartas de final da Champions League asiática.
Os corintianos provavelmente vão torcer pelo Al Ittihad. Assim, fugiriam de Conca e se encontrariam com um rival que traz boas lembranças. O meia Diego Souza, responsável pelo gol mais perdido da Libertadores-2012, deixou o Vasco recentemente para jogar no clube árabe.
Os outros confrontos das quartas de final do torneio asiático colocam frente à frente o Sepahan, do Irã e o Al-Ahli, da Árabia, time do meia ex-Botafogo Victor Simões; o Adelaide United, da Austrália, que conta com o meia Cássio, ex-Flamengo e Inter e o Bunyodkor, do Uzbequistão, ex-clube de Luiz Felipe Scolari; e o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul e o Al-Hilal, da Árabia Saudita.
O outro time que resta ser definido para o Mundial também sairá da Ásia, mais especificamente do Japão, país-sede do torneio. Atualmente, Sanfrecce Hiroshima e Vegalta Sendai dividem a liderança do Campeonato Japonês.
Ainda restam 16 rodadas para serem disputadas, e a competição acaba em dezembro. O Vegalta conta com dois velhos conhecidos do torcedor corintiano, o meio campista Deyvid Sacconi, ex-Palmeiras e o atacante Wilson, revelado nas categorias de base do Corinthians.
Já estão classificados para o Mundial o Corinthians, o Chelsea, o Monterrey, do México, campeão da Concacaf e o Auckland, da Nova Zelândia, campeão da Oceania.
Por enquanto, só está definido que o Auckland enfrentará o campeão japonês por uma vaga nas quartas de final. O vencedor se junta a Monterrey e aos campeões africano e asiático para saber quem enfrenta Corinthians e Chelsea nas semifinais. O chaveamento será definido em sorteio no dia 24 de setembro, e o campeonato acontecerá entre 6 e 16 de dezembro.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes