Guerrero vira opção para resolver problema ofensivo do Corinthians

Guerrero vira opção para resolver problema ofensivo do Corinthians

Você lembra a última vez que viu Jorge Henrique balançando a rede? Então uma pergunta mais fácil: qual o último atacante corintiano a fazer gol? Realmente já faz muito tempo e a torcida começa a sentir falta dos gols de seus atacantes. O último foi Liedson, que não está mais no elenco.Há seis rodadas sem ver os homens da frente marcarem, o Timão tem o quinto pior ataque do Campeonato Brasileiro com apenas 13 gols na competição. Além disso, em 13 rodadas, ficou cinco jogos sem marcar.

'É preciso transformar essa efetividade em gols. Estivemos sempre no controle do jogo, mas não criamos muitas oportunidades', comentou Tite sobre o empate sem gols com o Bahia, quando o ataque foi formado por Jorge Henrique e Romarinho. O peruano Guerrero entrou na segunda etapa

Mesmo sem ter uma grande participação, a entrada aos poucos do camisa 9 na equipe é uma tendência. Com apenas duas semanas de treinamento, o peruano já ganhou o espaço de Elton, que não marca desde 11 de abril contra o Nacional-PAR, e Adilson, que nunca fez gol com a camisa do Timão.

Com a saída de Liedson, que foi o último atacante a balançar as redes - diante do Sport, dia 8 de julho, Tite aposta em Guerrero como o grande artilheiro. Entre os titulares, o maior jejum pertence a Jorge Henrique. O camisa 23 não sabe o que é comemorar um gol há 104 dias. O último gol dele aconteceu na goleada de 6 a 0 sobre o Deportivo Táchira-VEN, ainda na primeira fase da Libertadores.<

No caso de Emerson Sheik, o autor dos dois gols do título da Libertadores sobre o Boca Juniors no dia 4 de julho, um dado interessante. Vice-artilheiro do time no ano, o camisa 11 está zerado no Brasileiro.

Até mesmo o xodó Romarinho vive uma fase conturbada com o barbante. Depois de um começo arrasador quando marcou dois gols no Palmeiras e um sobre o Boca Juniors, na Bombonera, o atacante atravessa um jejum de oito partidas.

Durante esse período de ineficiência dos atacantes, a responsabilidade de fazer gols caiu nas costas de Danilo e Paulinho, que até se saem bem. Por tudo isso, Tite está de olhos atentos com o desempenho de Guerrero nos treinamentos. Com uma semana de preparação para o próximo confronto com o Vasco, o técnico poderá aperfeiçoar as finalizações dos seus atacantes e encontrar uma maneira de encaixar Guerrero entre os titulares.

Além disso, ganhará mais uma opção para o ataque. O argentino Martínez, que fez uma preparação especial de condicionamento após chegar do Vélez Sarsfield, deve ficar à disposição pela primeira vez. Nos treinos, o atacante tem atuado muito aberto pelo lado esquerdo e demonstra um problema: finaliza muito pouco.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes
  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Jô tem permanência incerta no Corinthians para 2018

    Portal destrincha o porquê da cautela do Corinthians para contratar atacante para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes