Com o Corinthians, taça da Libertadores é quebrada e depois reparada pelo clube

Com o Corinthians, taça da Libertadores é quebrada e depois reparada pelo clube

A saga pela qual passou a taça da Libertadores desde que ela passou para as mãos dos jogadores do Corinthians na noite de 4 de julho rendeu uma gafe para o clube que esperou tantos anos para conquistá-la pela primeira vez. Entre idas ao CT corintiano, Memorial das conquistas, festas e visitas a corintianos ilustres, a taça perdeu o jogador estilizado que fica na parte de cima da peça. O Corinthians comunicou a Conmebol e já mandou restaurar o troféu.

Em reportagem do jornal 'Folha de S. Paulo', revela-se que a taça esteve no último dia 22 de julho, um domingo, em uma festa de uma das torcidas organizadas corintiana, onde o objeto passou por várias mãos. No dia 23, ela foi levada por diretores, o técnico Tite e o capitão Alessandro ao Instituto Lula para ser bajulada pelo ex-presidente brasileiro. Lá, a taça já estava sem o jogador metalizado.

A taça da Libertadores começou a ser exposta no Memorial do clube no dia 13 de julho e já recebeu mais de 17 mil visitantes. No dia seguinte à visita da delegação corintiana a Lula, uma fila enorme se formou no Parque São Jorge, mas o clube não abriu os portões do Memorial alegando que a taça estava passando por uma sessão de fotos. Na verdade, a taça estava sendo reparada por um especialista.

Criada em 1959 por uma joalheria do Peru, a taça da Libertadores já foi envolvida em vários acidentes nestes mais de 50 anos de história desde o primeiro torneio, em 1960. O último e mais grave aconteceu em 2004, quando o Once Caldas foi campeão. A taça precisou ser restaurada no Chile por um artista indicado pela Conmebol.

O Corinthians informa que a taça já está restaurada e que ela voltou para o Memorial. Ela ficará por lá até o dia 23 de agosto, quando deverá voltar para a sede da Conmebol em Assunção. Depois, o clube fará uma réplica para ser exposta na sua sede.

As imagens são do iG

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes