Ganso no Corinthians? Para DIS, presidente do Santos libera Ganso até para Rival

Ganso no Corinthians? Para DIS, presidente do Santos libera Ganso até para Rival

Recente declaração do presidente do Santos causou surpresa e estranheza a membros da DIS (braço esportivo do Grupo Sonda). Ele afirmou que não interessa de onde vem o cheque no caso de Ganso ser vendido.

Para gente da empresa, a afirmação de Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro ao site Globoesporte.com significa que o presidente santista não tentará dificultar a negociação se um rival paulista, como o Corinthians, tentar levar o jogador.

“Pode ser que a DIS pague, está interessada. Não importa de que lugar vem o cheque. Sendo o Sonda ou não, depositando na conta do Santos e completando o ritual do contrato, não tenho nenhuma preferência” é a declaração do presidente na íntegra.

Indagado pelo blog se de fato não se incomodaria em ver Ganso no Corinthians ou se falava apenas sobre uma possível parceria entre Sonda e Inter, o dirigente santista disse que não queria responder.
Já a assessoria de imprensa do clube afirmou que “a situação é clara: há contrato e uma multa pré-estabelecida. Se o atleta quiser sair, paga a multa e sai. Se um time quiser contratá-lo, faz a proposta. O Santos decide se aceita ou não. Ponto final”.

A sensação na diretoria é de que a DIS está interessada numa guerra por meio da imprensa e de que o clube não pode aceitar o embate.

Interlocutor de Ganso diz que o atleta também ficou surpreso ao saber do “tanto faz” presidencial. Até agora, ele trabalhava com a informação de que o Santos não o liberaria para o Corinthians, em caso de proposta, por um valor abaixo da multa.

Apesar das palavras de Laor, a Delcir Sonda continua dando prioridade a colocar o meia no Inter, time de coração do dono da empresa detentora de 55% dos direitos econômicos do craque.

Numa das crises entre Ganso e Santos, teria havido interesse do Corinthians, negado em livro publicado recentemente pelo corintiano Andrés Sanchez.

Hoje, não se fala publicamente no Parque São Jorge na contratação de Ganso, mas há uma corrente no clube favorável a um nome de impacto para atrair patrocinadores. E segundo reportagem de Samir Carvalho no UOL Esporte houve uma reunião recente entre cartolas corintianos e o estafe de Ganso.

Fonte: Blog do Perrone

Veja Mais:

  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Em meio à Fiel, Carille ergue a taça do hepta

    Como ganhar na loteria! 'Campeão de tudo' em 2018 levará R$ 144 milhões

    ver detalhes
  • Arena Corinthians ganhará grama nova a partir deste domingo

    Lições em Old Trafford e tapete da Premier League: especialista explica troca da grama da Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes