Sem Emerson, Tite mantém mistério sobre escalação

Sem Emerson, Tite mantém mistério sobre escalação

Sem Emerson, Tite mantém mistério sobre escalação

Sem Emerson, Tite mantém mistério sobre escalação

O Corinthians ganhou mais um desfalque para enfrentar o Vasco, neste domingo, em São Januário, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Chicão, que não se recuperou de um edema na coxa esquerda, o técnico Tite não poderá contar com o atacante Emerson, que está com um problema no tornozelo esquerdo e voltou a ficar fora do treinamento desta sexta-feira.


O próprio técnico corintiano confirmou que Emerson voltará a desfalcar o Corinthians - ficou fora do jogo de domingo passado, contra o Bahia. 'O Emerson está fora, não foi para o jogo com Bahia e sentiu quinta, sexta, novamente. Com seis dias sem trabalho normal, precisa de um treino de finalização importante', declarou.

Apesar de antecipar a ausência, Tite preferiu não confirmar o substituto do atacante. Diante do Bahia, Romarinho atuou ao lado de Jorge Henrique, mas durante a semana o peruano Guerrero foi testado como titular. Por isso, o treinador fez mistério e disse que só revelará a escalação da equipe neste sábado.

'Treinei com a manutenção do Romarinho, com um reposicionamento em relação ao Danilo. Era uma formação com Danilo e Alex, e agora temos outra com Douglas e Danilo. Douglas e Alex são diferentes, é preciso um ajuste em campo. Por isso, contra o Bahia, coloquei o Romarinho para frente. Mas treinei com o Paolo (Guerrero) também, então defino amanhã (sábado) quem deve iniciar', apontou.

Independentemente de quem começar jogando, o certo é que o argentino Martínez ainda não vai estrear. Mesmo regularizado junto à CBF, o jogador segue buscando a melhor forma física e, por isso, não vai para o Rio de Janeiro. 'Martínez ainda está fora, não se sente bem. Está com volume, mas sem naturalidade de movimentos. Sem sua melhor condição, é melhor guardar para quarta-feira', afirmou Tite, já projetando a partida diante do Atlético-GO, no Pacaembu.

Depois da Libertadores, o técnico corintiano tem enfrentado problemas para definir o setor ofensivo corintiano. Primeiro foi Jorge Henrique que ficou de fora e agora Emerson é desfalque. Talvez por isso, desde então apenas um gol foi marcado por um atacante da equipe: Liedson, que inclusive já deixou o clube, contra o Sport.

A situação, no entanto, não incomoda Tite. 'Quem faz gol é a equipe toda. Paramos de tomar gols. Se não tomamos, a engrenagem melhora a situação na frente, ajuda os atacantes. O Romarinho tem concluído bastante, mas ainda precisa transformar em gols', avaliou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Arena Corinthians deve receber dois amistosos antes do Paulistão

    Corinthians e Peñarol conversam por amistoso na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians tenta seduzir Drogba com proposta de parceria com Fundação

    Em cartada final por Drogba, Corinthians oferece três 'presentes' à fundação do marfinense

    ver detalhes
  • Jadson vestiu a camisa 10 do Corinthians durante o hexa brasileiro

    Clube chinês libera Jadson, que fica livre para negociar retorno ao Corinthians

    ver detalhes
  • Com Pedrinho, Timão tenta chegar aos oito melhores da Copinha

    Corinthians decide vaga às quartas da Copinha contra o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes