Espírito olímpico em campo contra o Atlético-GO

Espírito olímpico em campo contra o Atlético-GO

Cabeça no Mundial de Clubes, falta de motivação depois do título inédito da Libertadores, distância de 15 pontos — e com um jogo a mais — para o líder... Muitos são os motivos para o Corinthians não pensar no Brasileirão. Porém, já que a época é propícia, os jogadores podem se inspirar no espírito olímpico, nesta quarta (8), às 20h30, contra o Atlético-GO, no Pacaembu, para se animar.

É preciso que prevaleça o espírito de competir com vontade até o apito final, independentemente do adversário e da sua situação na competição. Espírito de fazer o máximo para obter um bom resultado, ainda que não seja o esperado por todos.

Se depender do técnico Tite, o torcedor corintiano pode ficar sossegado. O jogo vai ser encarado como se fosse fundamental para o time na temporada. O respeito ao adversário — no caso, vice-lanterna da competição — é a tecla na qual Tite mais gostar de bater.

“Temos de ter respeito ao adversário. Do outro lado, há grandes profissionais, com dignidade, dispostos a sair da situação ruim. Nós mesmos não estamos muito longe (da zona do rebaixamento). São apenas cinco pontos”, afirmou o treinador alvinegro.

Caso o respeito não seja suficiente, Tite faz questão de deixar bem claro o que pode acontecer com o jogador que não entrar empolgado. “Não dar importância ao Brasileiro é história de torcedor. Se não tiver intensidade ou não respeitar o trabalho do outro, melhor ir para casa”, avisou.

Rival perigoso
O comandante corintiano tem o costume até de exagerar no respeito ao adversário. Principalmente quando vai passar os pontos fortes do rival à imprensa.

“O Felipe finaliza bem, o Joílson vive um bom momento de assistências, o Marcos tem uma qualidade grande na batida de bola, o goleiro Márcio é bom e bate faltas, além de haver uma série de jogadores identificados com o clube”, disse Tite, parecendo descrever o Barcelona.

Mas ele não é o único que faz os jogadores manterem o foco. Mais de 18 mil ingressos foram vendidos para o duelo. Se o espírito olímpico não baixar naturalmente nos jogadores, vai ter bastante gente no Pacaembu para lembrá-los disso.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes