Paulo André exalta série invicta do Corinthians no Brasileirão

Paulo André exalta série invicta do Corinthians no Brasileirão

Ao bater o Coritiba por 2 a 1, de virada, no último domingo, na capital paranaense, o Corinthians completou oito jogos sem derrotas no Campeonato Brasileiro. Embora em meio a estes confrontos o time tenha contabilizado quatro empates, o zagueiro Paulo André exaltou a série invicta nesta segunda-feira pela manhã, quando a equipe iniciou os trabalhos visando a partida da próxima quinta, contra o Internacional, às 21 horas, no Pacaembu, pela 17.ª rodada da competição nacional.


Logo após a vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors no segundo jogo da final da Copa Libertadores, o Corinthians empatou por 1 a 1 com o Sport, em Recife, e depois caiu por 3 a 1 diante do Botafogo, no Pacaembu, no último dia 11 de julho. Com isso, a equipe já completou um mês sem derrotas, depois de um início ruim no Brasileirão no período em que o clube estava priorizando o torneio continental.

'Acho que (a recuperação do torneio nacional) é muito mérito do Tite, que soube motivar o grupo, recuperar os jogadores, por isso estamos com essa campanha, já são oito jogos sem derrota. Recuperamos nosso padrão de jogo rápido, mesmo disputando um campeonato difícil como é o Brasileiro', afirmou Paulo André.

O defensor também acredita que o Corinthians tem boa chance de ampliar a sua invencibilidade diante do Internacional, apesar de o time contar com uma série de desfalques - Paulinho estará com a seleção brasileira, Ramirez e Guerrero defenderão o Peru, Emerson está vetado por causa de lesão e Romarinho cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

'A gente sabe que é difícil quando se mexe em três ou quatro peças, isso atrapalha o entrosamento da equipe, mas quando os reservas entram, eles entram bem. Acredito que a gente possa perder um pouco de entrosamento, mas vamos manter a intensidade de jogo que estamos apresentando', completou.

Paulo André ainda falou nesta segunda que no momento não pensa no Mundial de Clubes da Fifa, que o Corinthians disputará em dezembro. Ele lembrou que agora é hora de priorizar o Brasileirão e apenas depois focar a competição que acontecerá no Japão.

'Na minha cabeça não passa o Mundial, isso é só em novembro, acho que só a partir de novembro é que vamos olhar mais para o Chelsea, até porque a equipe vai mudar muito, eles estão em começo de temporada, e sei que eles começaram (a temporada europeia) perdendo de 3 a 2 ontem (domingo, para o Manchester City, na final da Supercopa da Inglaterra). Mas tem muita água pra rolar e quem aqui não corresponder agora certamente não estará entre os titulares nos dois jogos decisivos do Mundial', enfatizou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Clayton disputou 14 jogos, marcando dois gols

    Corinthians e Atlético-MG finalizam últimos detalhes para devolução de Clayton

    ver detalhes
  • Carille definiu os jogadores que iniciam o duelo contra a Chapecoense

    Carille saca Clayson, mantém Jadson fora e escala Corinthians para enfrentar Chapecoense

    ver detalhes
  • Danilo volta a ser opção para Carille

    Sem Jadson e com Danilo, Corinthians relaciona 22 jogadores para viagem a Chapecó

    ver detalhes
  • Pablo pode voltar a jogar pelo Corinthians neste sábado

    Pablo treina no gramado, mas DM do Corinthians ganha novos 'pacientes'; veja lista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes