Timão mira sequência decisiva para encostar nos líderes do Brasileiro

Timão mira sequência decisiva para encostar nos líderes do Brasileiro

'Precisamos de três a quatro vitórias seguidas', diz Alessandro

'Precisamos de três a quatro vitórias seguidas', diz Alessandro

Foto: Reginaldo Castro / Agência O Dia

Com a missão de encostar nos líderes e quem sabe brigar pelo bicampeonato do Brasileiro, a sequência de jogos do Corinthians pode ser a solução. É matar ou morrer. Afinal, os próximos cinco jogos são recheados de rivalidade. Dois clássicos, Santos e São Paulo, e confrontos contra líderes, Atlético-MG, Fluminense e Internacional. Por isso, os jogadores olham com carinho e esperam começar com uma ‘trinca de ases’ positiva.

'Vamos focar nos próximos três (meta traçada pela comissão técnica). Vai ser um período de 14 dias. Temos que focar e conseguiu uma sequência de vitórias para subir', comentou o lateral Alessandro.

A preocupação do grupo é com a série de empates que estão atrapalhando uma arrancada. Considerados resultados normais em clássicos, os empates estão descartados para os duelos com Santos e São Paulo.

'Pela vantagem significativa dos líderes é indiscutível que tem que ter de três a quatro vitórias seguidas. Não adianta ganhar uma e empatar outra, senão vamos ficar sempre na mesma posição. A vantagem deles só vai aumentar', analisou o camisa 2, que vê a possibilidade de diminuir a diferença se tirar pontos dos clubes que estão na frente.

'Temos tempo para isso. Vai existir um tropeço como nós tivemos na virada do Brasileiro do ano passado. Temos que buscar essa sequência positiva, que não é fácil', afirmou o lateral, que enfrenta o Inter, nesta quinta, no Pacaembu.

'Vão ser duas equipes mexidas por causa dos desfalques. Eles vão vir querendo vencer também.'

Principal time a ser batido, o Atlético-MG surpreende o lateral pela capacidade de se manter na ponta.

'O Atlético-MG tem muita qualidade e aliou isso com a vontade. Por isso encaixou essa sequência. Precisa saber se eles terão elenco para aguentar a competição, pois se perde um Jô, Ronaldinho...'

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes