'Sheikbilidade': Com Emerson, Timão fica mais eficiente

'Sheikbilidade': Com Emerson, Timão fica mais eficiente

Sheik está de volta. E o São Paulo que se cuide no Majestoso de domingo. Os números comprovam a eficiência do Corinthians com a presença do atacante nesta temporada. A ‘sheikbilidade’ atinge quase 20% de melhora no rendimento do time: são 72,6% de aproveitamento com o camisa 11 em campo, contra 54,1% sem ele.

Apoiado no dado, o torcedor tem uma tranquilidade maior para o clássico: será difícil o Tricolor conseguir uma vitória sobre o Timão com Emerson entre os titulares alvinegros. Em 2012, o atacante, nas 28 vezes que atuou das 52 partidas do clube, perdeu apenas uma partida (para a Ponte Preta por 3 a 2, pelas quartas de final do Campeonato Paulista). Sheik soma 17 vitórias e mais 10 empates, pelo Paulistão, Libertadores e Brasileirão. Contudo, no único duelo contra o São Paulo em 2012, ele não participou da vitória por 1 a 0.

Agora à disposição para o clássico de domingo, recuperado de um problema crônico no tornozelo esquerdo, Emerson retorna ao time depois de seis partidas e desde o dia 25 de julho sem atuar.

'Ele (Emerson) é um jogador muito importante para a gente. Sempre fez gols importantes e nos ajuda muito no decorrer das partidas. Com a volta dele, é sempre bom quando o Tite tem mais opções para montar o time. É uma coisa legal', festejou o goleiro Cássio.

Os dados do bom aproveitamento de Emerson em 2012 não são contabilizados apenas com partidas em que atuou pela equipe principal. Vale ressaltar que ele passou um período preterido por outros atletas durante o Paulista e jogou, em algumas ocasiões, em um time formado apenas por suplentes.

Se for analisado somente o retrospecto de Emerson no Brasileirão, a efetividade do atacante fica ainda mais evidente. Em 18 partidas, Sheik participou de apenas cinco, com três vitórias e dois empates. Sem o camisa 11, o Timão tem um aproveitamento pequeno: são 13 jogos, com seis derrotas, quatro empates e três vitórias.

Os motivos das ausências de Emerson foram muitos. Além das vezes que foi poupado em prioridade de um duelo da Libertadores, Sheik teve uma lesão crônica no púbis, enfrentou problemas físicos e precisou contornar dores musculares nas coxas. Em plenas condições, ele vem novamente para infernizar os rivais e aumentar a efetividade do Timão em campo.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Crescimento do Fiel Torcedor se reflete nas arquibancadas

    Corinthians ultrapassa rival e assume primeira colocação em ranking de sócios

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians evoluiu em 2017 'junto' com o time

    Após início de ano desastroso, Arena Corinthians 'entra na média' e já mira recorde em 2017

    ver detalhes
  • Carille teve problemas para testar elenco nesta quarta; Arana e Léo Santos se ausentaram

    Bruxa solta! Treino do Corinthians é marcado por ausências, sustos e dúvidas

    ver detalhes
  • Dono de cinco gols em 2017, Romero está convocado pela seleção paraguaia

    Noiva de Romero vaza convocação de paraguaios do Corinthians; veja documento

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes