'Sheikbilidade': Com Emerson, Timão fica mais eficiente

'Sheikbilidade': Com Emerson, Timão fica mais eficiente

391 visualizações 2 comentários Comunicar erro

A ‘sheikbilidade’ atinge quase 20% de melhora no rendimento do time: são 72,6% de aproveitamento com o camisa 11 em campo, contra 54,1% sem ele.

Apoiado no dado, o torcedor tem uma tranquilidade maior para o clássico: será difícil o Tricolor conseguir uma vitória sobre o Timão com Emerson entre os titulares alvinegros. Em 2012, o atacante, nas 28 vezes que atuou das 52 partidas do clube, perdeu apenas uma partida (para a Ponte Preta por 3 a 2, pelas quartas de final do Campeonato Paulista). Sheik soma 17 vitórias e mais 10 empates, pelo Paulistão, Libertadores e Brasileirão. Contudo, no único duelo contra o São Paulo em 2012, ele não participou da vitória por 1 a 0.

Agora à disposição para o clássico de domingo, recuperado de um problema crônico no tornozelo esquerdo, Emerson retorna ao time depois de seis partidas e desde o dia 25 de julho sem atuar.

“Ele (Emerson) é um jogador muito importante para a gente. Sempre fez gols importantes e nos ajuda muito no decorrer das partidas. Com a volta dele, é sempre bom quando o Tite tem mais opções para montar o time. É uma coisa legal”, festejou o goleiro Cássio.

Os dados do bom aproveitamento de Emerson em 2012 não são contabilizados apenas com partidas em que atuou pela equipe principal. Vale ressaltar que ele passou um período preterido por outros atletas durante o Paulista e jogou, em algumas ocasiões, em um time formado apenas por suplentes.

Se for analisado somente o retrospecto de Emerson no Brasileirão, a efetividade do atacante fica ainda mais evidente. Em 18 partidas, Sheik participou de apenas cinco, com três vitórias e dois empates. Sem o camisa 11, o Timão tem um aproveitamento pequeno: são 13 jogos, com seis derrotas, quatro empates e três vitórias.

Os motivos das ausências de Emerson foram muitos. Além das vezes que foi poupado em prioridade de um duelo da Libertadores, Sheik teve uma lesão crônica no púbis, enfrentou problemas físicos e precisou contornar dores musculares nas coxas. Em plenas condições, ele vem novamente para infernizar os rivais e aumentar a efetividade do Timão em campo.

Fonte: Jornal Marca

Veja Mais:

  • Osmar Loss já escalou o Corinthians em seu primeiro treino como técnico da equipe

    Osmar Loss indica primeira escalação como técnico do Corinthians para pegar Millonarios

    ver detalhes
  • Osmar Loss conversa com o goleiro Walter em seu primeiro dia como treinador do Corinthians

    Loss relaciona 18 jogadores para Corinthians x Millonarios; veja lista

    ver detalhes
  • Osmar Loss e Andrés Sanchez em coletiva no CT Joaquim Grava

    Andrés banca Loss como novo treinador do Corinthians; comissão será reavaliada na Copa

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez apresentou Osmar Loss como substituto de Carille no Corinthians

    Saída de Carille do Corinthians é festejada por palmeirenses; veja tweets

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Rogério

    Ranking: 34º

    Rogério 10805 comentários

    2º. por @rovaradi85

    Já estava na hora do Emerson voltar e nada melhor do que voltar contra o nosso maior freguês e com certeza jogando muito

  • Foto do perfil de Angelo

    Angelo 30 comentários

    1º. por @angelohonorio

    O Emerson é sem duvida um dos principais integrantes do elenco corinthiano. Sem contar nos gols que marcou na final da Libertadores (que o deixarão para sempre no rol dos ídolos alvinegros) ele transpira garra e talento em campo, característica intrinsicas de um jogador que inverga nosso manto sagrado.
    Fora isso, já deu infinitas demonstrações de que ama esse clube (visto que recusou propostas milionárias do mundo árabe).
    além do mais o Emerson relembra os velhos tempos do nosso futebol, onde tínhamos as provocações (diga-se de passagem: saudáveis) e que hoje fizeram do nosso principal evento esportivo algo chato, visto que tudo é levado como provocação, menosprezo e insulto...
    Seja bem vindo Sheik! Continue sendo esse grande jogador que nos enche de orgulho em pertencer a essa nação corinthiana...