Chicão lembra o passado em busca de mais uma vitória sobre o São Paulo

Chicão lembra o passado em busca de mais uma vitória sobre o São Paulo

Já são cinco anos com a camisa do Corinthians. Vários momentos de alegria e alguns de tristeza. E o rival São Paulo tem papel fundamental nas duas páginas de vida do zagueiro Chicão. Contra o Tricolor, o defensor ostenta um retrospecto impressionante, de 81% de aproveitamento dos pontos disputados. Em nove confrontos, são sete vitórias, um empate e só uma derrota. Mas, também foi na véspera de um Majestoso que o camisa 3 deixou a concentração ao ser barrado por Tite. Em mais um reencontro com o arquirrival, hora de lembrar o passado, para ter um presente vitorioso, sem erros.

'Você sempre está aprendendo na vida. Nunca você está certo 100% das vezes. Eu procurei fazer o meu trabalho depois, nunca desanimei. O grupo sempre confiou em mim. Posso ter errado, mas agi pensando no grupo. Naquele momento, achei que era certo. Não era porque o Tite optou por outro que eu viraria a cara. Trabalhei e voltei contra o América-MG, fazendo até gol. Eu poderia não bater aquele pênalti, mas não fugi. Fiquei muito feliz em ter voltado, jogado bem e ganhado a Libertadores como titular', afirmou Chicão em entrevista, por telefone, ao MARCA BRASIL.

Toda aquela história está em uma página virada. Chicão recuperou a confiança de Tite e já usou a braçadeira de capitão em alguns jogos. E, contra o São Paulo, quer aproveitar outras páginas de sua carreira para dar alegria ao torcedor. Que tal bater o rival pela oitava vez e coroar a ‘freguesia’?

'Não diria que são fregueses. É uma sequência de resultados a favor da gente. Já aconteceu isso com o Corinthians também. Não adianta falar aqui, temos que resolver dentro de campo. Quero manter esse bom retrospecto', analisou Chicão, que acredita que qualquer provocação pode ser utilizado pelo outro lado.

'Os jogadores estão mais inteligentes. Não adianta provocar. Tem que respeitar. Não pode dar arma para eles utilizarem em uma preleção. Tem que ter cuidado com o que se fala', completou o zagueiro.

Apesar disso, ele não esconde que vencer o São Paulo tem um gostinho bom.

'Especial pela rivalidade, é um campeonato à parte. Mexe com o torcedor, que pede para vencermos sempre', ressaltou.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Ariel

    Ranking: 446º

    Ariel 1129 comentários

    1º. por @arielvonblume

    Grande Chicão sempre honrou a camisa do TiMãOoOo jogando com raça e força de vontade e determinação um dos melhores zagueiros do nosso futebol brasileiro com certeza merecia estar até na seleção por tudo que já jogou no Corinthians Valeu ai Chicão por tudo que fez no Corinthians Deus abençoe muito você e sua família cara A Fiel sempre vai lhe Aplaudir pois você merece e muito cara!