As voltas que a vida deu para Paulinho e Danilo

As voltas que a vida deu para Paulinho e Danilo

O destino quis que Paulinho e Danilo Baron se encontrassem no Corinthians novamente e usassem o clube como trampolim para chegarem à seleção brasileira. Os dois, um ala do Timão no futsal e outro volante nos gramados, iniciaram a carreira juntos nas quadras da Portuguesa há doze anos. Cada um seguiu seu caminho e, hoje, desfrutam do protagonismo em seus times, que lhe renderam convocações para vestirem a camisa ‘amarelinha’.

No campo, Paulinho, depois do duelo de hoje, contra o Atlético-MG, se apresenta ao técnico Mano Menezes para os amistosos contra a África do Sul, sexta-feira, no Morumbi, e China, dia 9, na Ilha do Retiro, muito mais à vontade para trilhar um caminho de sucesso na Seleção.

'Não que eu tenha me sentido intimidado nas outras convocações, mas agora me sinto mais confiante para jogar na Seleção. É claro que com o passar do tempo, a confiança vai crescendo para fazer uma jogada mais ousada. Me sinto mais à vontade hoje para isso. Por já ter visto como é jogar pela Seleção em outras convocações, deixei aquele nervosismo para trás. Quero mostrar o meu melhor para me firmar na Seleção. Vou lutar muito para isso', disse o camisa 8, no encontro com Danilo Baron.

'Claro que sei que só continuarei sendo convocado também se for bem no Corinthians. Então, em toda partida vou jogar como se fosse a minha grande chance de ser convocado. Assim, só vou crescendo e me preparando também para o Mundial', emendou o volante, que, logo depois, ouviu conselhos do amigo Danilo para se firmar na Seleção.

'No início das convocações tem aquele frio na barriga e o estranhamento, que é normal. Naturalmente você vai pegando confiança, como o Paulinho falou, e vai mostrando tudo que sabe. Tenho certeza que o Paulinho vai conseguir se firmar', disse Baron, que foi chamado para a Seleção de 2009 até 2011 sem nenhuma interrupção em uma lista de convocados.

Admirador do futsal do Timão - ele vai rotineiramente assistir aos jogos no Parque São Jorge - Paulinho quer, antes de mostrar seu potencial nos dois próximos amistosos da Seleção, deixar o clube em uma boa situação com a vitória diante do Atlético-MG, nesta tarde.

'As derrotas para o Santos e o São Paulo mexeram um pouco. Depois conseguimos um empate contra o Fluminense e nos deu uma confiança legal. Agora, vencer o Atlético é a nossa chance de devolver a confiança ao time e mostrar que estamos focados no Brasileirão', disse Paulinho, que crê que o time mantém a sua preparação para o Mundial com o foco no Brasileiro.

'Mesmo a gente muito longe da liderança, temos que manter o foco no Brasileirão para chegarmos bem no fim do ano. Não podemos pensar agora no Mundial', finalizo

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes