Em ascensão, Paulo André avisa: 'Dá para evoluir mais'

Em ascensão, Paulo André avisa: 'Dá para evoluir mais'

O gol decisivo marcado sobre o Atlético-MG, na vitória por 1 a 0, domingo, evidencia ainda mais uma virtude e a evolução de Paulo André na temporada. Substituto de Leandro Castán, vendido para a Roma, após a conquista da Taça Libertadores, o camisa 13 corintiano mostra, pela melhoria nos seus números de quesitos técnicos, que está em franca ascensão, perto de chegar à mesma efetividade apresentada pelo antigo dono da posição pelo lado esquerdo da zaga corintiana, companheiro do experiente Chicão.

Para o defensor, de 29 anos, que passou por uma artroscopia no joelho direito no começo do ano e ficou cinco meses em tratamento, a evolução nos seus números tem uma explicação simples.

'Eu fiz quinze jogos seguidos. Fazia tempo que não conseguia uma sequência como esta. Nesta última semana que estava suspenso, fiz trabalho específico e deu para ver a diferença no jogo. Quando se treina, dá para ver a diferença. Ou seja, treino, sequência de jogos, ritmo e confiança, não só para mim, mas para qualquer jogador, consegue apresentar um bom futebol', disse o zagueiro que, porém, ainda está abaixo do nível de atuação que Leandro Castán apresentou durante os 29 jogos nos quais atuou antes de se transferir.

Em 15 jogos nesta temporada, Paulo André soma, em média por partida, os seguintes números em quesitos técnicos: 1,3 desarme certo, 8,1 rebatidas, 23,2 passes certos, 0,8 falta cometida e 2,3 lançamentos certos. Ainda marcou dois gols e levou quatro cartões amarelos. Ciente de que ainda tem muito para crescer até a disputa do Mundial de Clubes, o zagueiro entende que é preciso fazer pequenos ajustes.

'Ainda dá para evoluir mais. Desde que comecei a jogar, em junho, já mudaram algumas coisas. Agora começa a fazer ajustes de potência e outros detalhes. É adaptar e cuidar dos detalhes', disse o defensor, que será avaliado pela comissão técnica e, dependendo de seu desgaste, pode ser preservado do jogo contra o Figueirense, nesta quarta-feira.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes
  • Rodriguinho segue no aguardo da renovação de seu contrato

    Reunião não define renovação de Rodriguinho com Corinthians; novo encontro é a esperança

    ver detalhes
  • Tchê Tchê afirmou que teria dado tapa na cara de Gabriel em confusão

    Volante do Palmeiras comemora expulsão de Gabriel: 'Eu já ia ter dado um tapa'

    ver detalhes
  • Kazim aplicou um belo chapéu em Felipe Melo no clássico

    Corinthians divulga vídeo com belos chapéus de Romero e Kazim no Dérbi; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes