Timão aposta na superação para não sentir falta de entrosamento

Timão aposta na superação para não sentir falta de entrosamento

302 visualizações 1 comentário Comunicar erro

O cumprimento entre Guilherme e Edenílson esboça o entrosamento entre os dois fora de campo. O que pode ser estendido também para a amizade de todo o elenco corintiano. Porém, no gramado, nesta quarta-feira, no confronto diante do Figueirense, no Orlando Scarpelli, a sintonia do time pode ser um fator prejudicial para o Corinthians voltar de Florianópolis com mais três pontos conquistados.

Isso porque Tite fez seis mudanças na equipes principal. Três delas por necessidade - Cássio e Paulinho, na Seleção, e Emerson, suspenso -, e outras três para preservar seus jogadores por conta do grande desgaste físico. Paulo André, Danilo e Alessandro foram os poupados pela comissão técnica.

'Essa (falta de entrosamento) pode ser uma das dificuldades do jogo, porque muita gente não está atuando junto. Além disso, estamos de olho na boa equipe do Figueirense. Temos de nos esforçar ao máximo para sair com um bom resultado. Vamos nos superar e quem entrar vai dar conta do recado', afirmou Edenílson que atuará na vaga de Danilo.

Para driblar a falta de ritmo de jogo dos atletas que pouco atuaram, Guilherme, que fará sua primeira partida como titular no Timão , entende que a vontade será um ponto determinante. Ainda mais quando desejam impressionar Tite.

'Estava esperando, vou ter a chance, cabe a mim aproveitar e pegar a confiança. Tenho que fazer o máximo para fazer o que o Paulinho faz. Tem que superar a falta de entrosamento. Tem muita gente que vem jogando junto, mas a gente vai dar conta', disse o jovem, que está há duas semanas treinando com o grupo.

Edenílson, por sua vez, vive momento diferente. E tem a chance de agradar Tite em outra função na temporada. Elogiado no primeiro semestre como lateral-direito, ele atuará como meia.

'Muita gente já me falou isso (assumir a vaga de Alessandro). Já falei com o Tite e ele me deixou à vontade, assim como eu o deixo fazer o que quiser. Nunca falei o que quero ser, sempre disse que estou à disposição, onde ele precisar eu vou tentar ajudar ao máximo ', concluiu.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Carille é desejado por times árabes e pode não permanecer no Corinthians

    Presidente de outro clube árabe fala em contratar Carille, do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians de Ángel Romero entra em campo nesta quinta pela Libertadores

    O que está em jogo para o Corinthians na última rodada da fase de grupos da Libertadores

    ver detalhes
  • Lucca está liberado para atuar contra o Corinthians no domingo

    Sem cláusula impeditiva, Lucca está liberado para enfrentar o Corinthians no Beira-Rio

    ver detalhes
  • Assessoria do treinador divulgou nota oficial na manhã desta terça-feira

    Em nota oficial, Carille admite generalização e se desculpa com imprensa por desabafo em coletiva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes