Fifa espera invasão corintiana no Japão; mais de 3 mil torcedores já garantiram

Fifa espera invasão corintiana no Japão; mais de 3 mil torcedores já garantiram

Gaviões da Fiel no Japão fazendo festa

Gaviões da Fiel no Japão fazendo festa

A Fifa espera que uma grande quantidade de torcedores corintianos compareça ao Japão, em dezembro, para assistir ao time na disputa do Mundial de Clubes, que será realizado de 6 a 16 de dezembro.

Apesar de não falar em números entidade tem expectativa de que possa ser quebrado o recorde de público do torneio, que pertence à edição de 2000, no Brasil, vencida pelo time alvinegro, com 514 mil pessoas em um total de 14 jogos.

“Estamos muito confiantes que a edição deste ano terá jogos emocionantes e vai atrair um grande público. A Fifa e o Comitê Organizador Local estão cientes que o Corinthians possui torcedores fantásticos e estamos ansiosos para recebe-los”, falo o porta-voz da Fifa, Wolfgang Resch, em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, na última semana, a agência oficial de viagens do clube já havia comercializado mais de 3 mil pacotes. Há quem fale no clube em 10 mil torcedores no Japão.

O Corinthians estreia no Mundial de Clubes direto na semifinal, no dia 12 de dezembro, mas ainda não sabe seu adversário.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes