Com blitz no início, Corinthians derrota o Grêmio no Pacaembu

Com blitz no início, Corinthians derrota o Grêmio no Pacaembu

Com um início de jogo avassalador, o Corinthians fez de vítima mais um líder do Campeonato Brasileiro. O Timão derrotou o Grêmio por 3 a 1 no Pacaembu e chegou a 31 pontos, na nona colocação da competição. Já o Tricolor gaúcho permanece em terceiro, com 44, mas desperdiçou a chance de encostar em Fluminense e Atlético-MG.

O começo de jogo do Corinthians foi irrepreensível. Marcando forte e chegando com facilidade ao ataque, a equipe alvinegra abriu o placar logo aos 5 minutos. Ralf pegou rebote de Marcelo Grohe após chute de Martinez, deu um lindo drible em Fernando e bateu de canhota no ângulo direito, sem chance para o arqueiro.

Enquanto o Grêmio ainda tentava assimilar o golpe, veio mais uma pancada do Timão. E novamente com estilo. Guilherme recebeu pela direita, tabelou com Edenilson e saiu na cara do gol. Ele só precisou desviar de Grohe para fazer 2 a 0 para o Corinthians com apenas 10 minutos de partida.

Confuso em campo, o Grêmio tentava valorizar a posse de bola, enquanto o Corinthians, satisfeito com a boa vantagem, não se importou em ceder campo e apostar no contra-ataque. Assim, o restante do primeiro tempo foi de um domínio estéril dos gaúchos, que só chegavam em bolas paradas, enquanto os donos da casa assustavam em saídas rápidas - Martinez teve ainda duas boas chances.

Precisando reagir, o Grêmio voltou para a segunda etapa mais incisivo. E a nova postura foi recompensada rapidamente, aos 12 minutos. Marquinhos recebeu pela esquerda e tocou para Leandro, que completou para o gol, diminuindo a desvantagem e dando um novo ânimo aos gaúchos na partida.

Entretanto, o Corinthians soube administrar a vitória. Sem desespero, continuou marcando forte e, aproveitando o nervosismo do Grêmio, passou a controlar o jogo, ficando mais perto de aumentar a vantagem do que de levar o empate. Sem muitas chances, o Tricolor gaúcho teve uma boa chance em ótima cobrança de falta de Elano, mas Julio Cesar salvou o Timão.

No fim, para completar a festa corintiana, o jovem Giovanni, cria das divisões de base do clube, fechou o placar para o Timão. Ele recebeu o passe do também prata da casa Adilson e bateu com categoria, por cobertura, para fazer 3 a 1 e assegurar o triunfo alvinegro.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes