Praticamente com força máxima, Timão encara a Ponte Preta

Praticamente com força máxima, Timão encara a Ponte Preta

Tite escalou força máxima, inclusiva em Emerson Sheik

Tite escalou força máxima, inclusiva em Emerson Sheik

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

Corinthians e Ponte Preta fazem nesta quarta-feira, às 19h30, no Pacaembu, uma espécie de tira-teima no Brasileirão. Isso porque as duas equipes vão a campo com campanhas espelhadas até a 23ª rodada do torneio, ou seja, com os mesmos pontos (31), o mesmo número de vitórias (8), de empates (7) e também de derrotas (8). O Timão só está na nona colocação na tabela, enquanto a Macaca ocupa a décima, porque tem melhor saldo de gols.

Para enfrentar a equipe de Campinas - que não perde no Pacaembu para o Corinthians desde 2008, são três jogos - e vencer o duelo contra o seu ‘clone’ no Brasileirão, o técnico Tite armou sua força máxima.  Escalou Emerson Sheik, recuperado de lesão, Chicão e Douglas, que estavam suspensos. O treinador só não pode contar com Ralf e Martínez, pois estão impedidos de atuar por terem levado três amarelos. Paulinho, que retornou da Seleção lesionado, também está fora.

'O Corinthians quer fazer o seu melhor sempre. Sempre usa toda sua força máxima. O Corinthians quer fazer um grande jogo e transformar isso em resultado', explicou Tite, que foi enfático quando questionado sobre priorizar seus atletas para o clássico contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu.

'Só penso em preparar o Corinthians para a próxima rodada. Ninguém escolhe jogo, quero estar em paz com nosso trabalho. Os clássicos são campeonatos à parte, mas temos o objetivo de manter o padrão.'

Um duelo perigoso. É assim que Tite define o jogo desta quarta. Ele sabe bem do potencial da Macaca, que surpreendeu o Timão no dia 22 de abril, pelas quartas de final da Paulistão, com a vitória por 3 a 2.

'Nós já fomos surpreendidos pela Ponte no Paulista. Fizemos um mau primeiro tempo e acabamos desclassificados. Dessa vez (se perder) não vai ser por surpresa, vai ser por mérito deles. Nós aprendemos a jogar contra eles, que têm muito potencial', explicou o técnico.

A eliminação do Timão para a Ponte no Paulistão foi vista por muitos torcedores como uma certa ‘ajuda’ para a equipe na temporada. Com ela, o time focou apenas na disputa da Libertadores, na qual sagrou-se campeão.

'Agora não tem essa de ajuda, queremos atrapalhar a Ponte. Queremos a vitória de qualquer jeito', explicou o lateral Fábio Santos, que foi convocado para a seleção brasileira.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes