Sheik salva o Corinthians e garante empate contra a Ponte Preta

Sheik salva o Corinthians e garante empate contra a Ponte Preta

93 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Sheik marcou para o Timão no fim do jogo

Sheik marcou para o Timão no fim do jogo

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

A Ponte Preta, por pouco, não conquistou a terceira vitória seguida sobre o Corinthians. Após eliminar o rival nas quartas de final do Campeonato Paulista e vencer o duelo do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, a equipe de Campinas estava ganhando a partida desta quarta-feira, disputada no Pacaembu, até os 44 minutos do segundo tempo. No entanto, com gol de Emerson Sheik, o Corinthians garantiu o empate por 1 a 1.

Melhor durante boa parte da partida, a Ponte Preta criou as melhores jogadas de ataque e marcou seu gol aos 22 minutos. Após cobrança de falta na área, o zagueiro Tiago Alves testou bonito, sem chance para Cássio.

Agora, no próximo domingo, o Corinthians enfrenta o arquirrival Palmeiras, às 16h (horário de Brasília), no Pacaembu. No mesmo dia, às 18h30, a Ponte Preta recebe o Botafogo no Moisés Lucarelli.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, a Ponte Preta começou a partida buscando o ataque e quase abriu o placar aos 11 minutos. O atacante Roger recebeu lançamento de Edson Bastos, protegeu a bola do zagueiro Paulo André, invadiu a área e chutou cruzado, tirando tinta da trave.

Depois do susto, o Corinthians respondeu aos 17 minutos. Em cobrança de falta, Douglas levantou a bola na área e Paulo André testou no canto para excelente defesa de Edson Bastos. No entanto, o bandeirinha marcou impedimento do zagueiro e anulou a jogada.

Com o time da casa errando muitos passes, a Ponte Preta controlou as ações durante boa parte do primeiro tempo. Porém, a equipe do técnico Gilson Kleina pecou nas finalizações.

No fim da primeira etapa, o Corinthians, enfim, conseguiu pressionar o adversário. Na melhor chance, aos 39 minutos, Douglas arriscou de fora da área e Edson Bastos precisou se esticar todo para evitar o gol.

Na etapa final, a Ponte Preta foi para cima do Corinthians e Cássio precisou trabalhar. Aos seis minutos, Nikão soltou a bomba no ângulo e o goleiro da seleção brasileira espalmou para escanteio.

Quatro minutos depois, o meia-atacante Marcinho deixou Roger na cara do gol, mas o experiente atacante perdeu o tempo da bola e chutou fraco. Insatisfeito com o rendimento da equipe, Tite sacou Douglas para a entrada de Jorge Henrique.

No entanto, a equipe de Campinas seguiu melhor no jogo e tirou o zero do placar aos 22 minutos. Nikão cobrou falta pela esquerda, Renê Júnior desviou de cabeça e Tiago Alves testou no chão, sem chance para o goleiro Cássio: 1 a 0.

Em desvantagem, o Corinthians partiu com tudo para o ataque e ficou ainda mais ofensivo após as entradas de Giovanni e Adilson nas vagas de Alessandro e Guilherme.

Na base da pressão, a equipe da casa conseguiu deixar tudo igual aos 44 minutos. Após lançamento na área, Paulo André desviou de cabeça e Emerson Sheik chutou a bomba. Edson Bastos ainda espalmou a bola para cima, mas ela morreu no fundo da rede.

As informações são do iG

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Clayson é arma do Corinthians para surpreender no Moisés Lucarelli

    Com novo esquema e Jadson no banco, Corinthians visita Red Bull por redenção antes de Dérbi

    ver detalhes
  • Tome nota de tudo o que vai rolar na semana corinthiana

    De League of Legends a Dérbi: confira a agenda do Corinthians para a semana

    ver detalhes
  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes