Corinthians joga mal, mas arranca empate aos 44 minutos do 2º tempo diante da Ponte

Corinthians joga mal, mas arranca empate aos 44 minutos do 2º tempo diante da Ponte

Corinthians joga mal, mas arranca empate aos 44 minutos do 2º tempo diante da Ponte

Corinthians joga mal, mas arranca empate aos 44 minutos do 2º tempo diante da Ponte

por Bruno Thadeu

A Ponte Preta segurou o empate até os 44 minutos do 2º tempo. Na hora em que a torcida começava a deixar o Estádio do Pacaembu conformada com a derrota, Emerson Sheik, que foi muito mal durante o jogo, apareceu e empatou o jogo. O placar terminou no 1 a 1, fazendo a torcida comemorar o resultado como se fosse uma vitória.

A empate afastou a Macaca do sonhado G-4, agora com 32 pontos, sete a menos que o Vasco, o último time do Nacional que consegue uma vaga para a Libertadores de 2013. O próximo jogo é de grande importância, uma vez que o adversário é o Botafogo, que também briga pelas posições do topo. Já o Corinthians, que entra em campo até o fim do ano com a cabeça no Mundial, tem também a mesma pontuação e passa a pensar no Palmeiras, rival de domingo.

Para o duelo desta quarta-feira no Pacaembu, Tite descartou poupar atletas e usou os principais jogadores que tinha à disposição. Paulinho, lesionado, e Martínez e Ralf, suspensos, foram os desfalques.

A Ponte Preta foi superior ao Corinthians no 1º tempo. O clube de Campinas explorou os contragolpes. Roger quase abriu o placar em chute cruzado, mas a bola passou perto da trave. Pela esquerda, Nikão criava os principais lances da Ponte nos 45 minutos iniciais.

O Corinthians teve maior posse de bola na etapa inicial, mas não chegou à meta adversária com intensidade. Emerson e Romarinho atuavam excessivamente pelos lados; Guilherme e Edenilson não faziam o papel de Paulinho, que costuma se infiltrar na área. A melhor chance do Corinthians no 1º tempo foi com Douglas, em chute de longa distância, aos 38min.

No segundo tempo, a Ponte Preta voltou ainda melhor que o Corinthians. Tanto que só não comemorou o gol em duas ocasiões porque os autores dos tentos foram flagrados em posição de impedimento. Na terceira tentativa, foi a vez de finalmente Cássio ser batido de forma legal. Tiago Alves desviou cruzamento que começou nos pés de Nikão e saiu para o abraço.

O gol sofrido fez os corintianos partirem para cima de qualquer jeito para tentar o empate. Guilherme perdeu um gol aos 24 após bater cruzado. Foi aí que Tite resolveu colocar Giovanni no lugar de Alessandro, que já tinha tomado o cartão amarelo e virou desfalque para o dérbi de domingo.

O meia já aproveitou logo depois que entrou uma bola que sobrou após jogada de Romarinho e quase empatou o placar. A bola raspou a trave direita de Edson Bastos. De tanto pressionar, o Corinthians conseguiu o empate. Emerson Sheik aproveitou lançamento aos 44 minutos do 2º tempo e colocou a igualdade no placar.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes