Conmebol apresenta Corinthians como cabeça-de-chave da Libertadores de 2013

Conmebol apresenta Corinthians como cabeça-de-chave da Libertadores de 2013

Corinthians é o atual campeão da Libertadores da América

Corinthians é o atual campeão da Libertadores da América

O Corinthians será um dos oito cabeças-de chave da Libertadores de 2013. A Conmebol já definiu outros três times que encabeçarão grupos do torneio: Arsenal-ARG, Independiente Santa Fé (COL) e Deportivo Lara (VEN).

Os cabeças-de-chave têm como vantagem na Libertadores o fato de não encarar na fase de grupos os campões nacionais de Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, Equador e Venezuela.

Além disso, dois dos três últimos jogos da fase de grupos serão decididos na casa dos cabeças-de-chave.

Campeão do torneio, o Corinthians disputa o Mundial de Clubes em dezembro. O Palmeiras, campeão da Copa do Brasil, é outro clube nacional com vaga assegurada na Libertadores.

O Brasil ainda tem mais quatro vagas para a Libertadores do próximo ano. Se um time brasileiro conquistar a Copa Sul-Americana, o clube ganha a vaga à Libertadores, e os outros três times virão do Campeonato Brasileiro.

Se o título da Copa Sul-Americana não ficar com clube brasileiro, as quatro vagas restantes para o país serão representadas pelos quatro melhores do Brasileirão.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Duelo da equipe sub-17 será na Arena Corinthians

    Corinthians muda jogo da Copa do Brasil Sub-17 para a Arena; entrada será gratuita

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo nesta segunda, pela 30ª rodada do Brasileirão

    Veja como assistir o jogo entre Corinthians e Botafogo desta segunda pela televisão

    ver detalhes
  • Gol de atacante argentino foi muito parecido com o de Jô

    Após gol 'à la Jô' de rival, torcida do Corinthians cobra repercussão da imprensa; veja tuítes

    ver detalhes
  • Fagner será titular do Corinthians nesta segunda, contra o Botafogo

    Portal relata preocupação do Corinthians com Fagner; jogador nega abatimento

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes