Martínez cita a arbitragem como maior diferença do futebol brasileiro

Martínez cita a arbitragem como maior diferença do futebol brasileiro

O gol marcado por Martínez pela seleção argentina contra o Brasil, quarta-feira, pelo Superclássico da América, encheu o jogador de moral com a comissão técnica do Timão. O atacante voltou e ganhou a posição de titular. O jogador comemora sua rápida adaptação ao estilo brasileiro.

'Na Argentina, os jogadores chegam mais juntos, tem mais contato', analisou o camisa 7 corintiano, em rápida conversa com a reportagem.

Além da diferença na marcação e na velocidade de jogo, o argentino tem sofrido com a arbitragem. Em muitas jogadas, Martínez tenta um drible e reclama de falta, que não são marcadas. Do outro lado, quando tenta ajudar na marcação, acaba recebendo cartão amarelo. Essa adaptação tem sido o mais difícil.

'A arbitragem é diferente. Não acredito que eles marquem diferente as faltas por eu ser argentino. Acredito que são erros. Às vezes, saio de campo bem insatisfeito com o árbitro', comentou.

Se Martínez sofre com os homens de preto, Guerrero tem sofrido com a série de lesões desde que chegou. Já são dois entorses no tornozelo em dois meses.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes