Com Inter como exemplo, Tite minimiza sorteio 'favorável' no Mundial

Com Inter como exemplo, Tite minimiza sorteio 'favorável' no Mundial

O técnico Tite não se mostrou animado com o sorteio do Mundial de Clubes, realizado na útlima segunda-feira, que tirou do caminho do Corinthians o Monterrey, do México, tido como adversário mais perigoso antes de uma possível decisão com o Chelsea.

Para o treinador, o exemplo do Internacional, que em 2010 foi eliminado pelo Mazembe, do Congo, nas semifinais, serve para deixar em alerta a equipe. Para ele, o importante é se preparar bem para o torneio.

'O exemplo é o Internacional e outras situações mais. Temos consciência de que fazendo grandes jogos e treinamentos estaremos bem no final. Fora isso, é balela.
Não existe nenhuma definição. Ninguém assegura que foi maior facilidade ou dificuldade', afirmou o treinador, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

De acordo com o sorteio da Fifa, o Corinthians enfrentará na semifinal o campeão africano, japonês ou o Auckland City, da Nova Zelândia. Na outra chave, o Chelsea aguarda o vencedor do duelo entre Monterrey e o campeão asiático.
 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes