Guerrero vira o queridinho de Tite

Guerrero vira o queridinho de Tite

Em pouco tempo, Paolo Guerrero virou o queridinho de Tite. Em qualquer conversa, o treinador ressalta sua intenção de transformá-lo em titular. O motivo é um só: ter alguém para empurrar a bola para as redes quando ela fica pipocando dentro da área, exatamente o que o camisa 9 fez contra o Botafogo.
'Fomos campeões brasileiros com o Liedson fazendo isso e perdemos com a queda de produção dele', destacou Tite, que vê o peruano crescer de rendimento no decorrer dos jogos.

Em levantamento realizado pelo MARCA BRASIL é possível identificar uma maior participação do atacante. Nos cinco primeiros jogos com a camisa do Corinthians, Guerrero teve a bola em seus pés por menos de um minuto. Aparecia nas estatísticas como 10º jogador com mais tempo com ela. Fato que mudou drasticamente com o maior entrosamento conquistado durante os treinos. Contra o Botafogo, quando desencantou e marcou seu primeiro gol pelo clube, o atacante ficou um minuto e treze segundos com a bola e foi o segundo principal do time.

Mais do que isso, Tite vê a entrada do camisa 9 como essencial para melhorar a força ofensiva do Corinthians. Com ele na área, Emerson e Romarinho podem atuar abertos pelo lado e rendem mais. Danilo não precisa se sacrificar.

'A equipe voltou a jogar bem com uma referência na frente. Desde a saída do Liedson, quando eu não tenho a referência, quem faz o jogador mais avançado é o Emerson, eventualmente o Danilo. Com o Guerrero ganhamos o jogo de pivô', ressaltou Tite.

O problema é que o técnico não consegue dar uma sequência ao peruano. Confirmado contra o Sport e Náutico, Guerrero desfalcará o Corinthians contra Flamengo, Portuguesa e Cruzeiro, quando deve defender o Peru nas Eliminatórias.

'Atrapalha', afirmou Tite.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes