Anúncios em metrô, rodovias e na Arena Corinthians são oferecidos para quem bancar gasto

Anúncios em metrô, rodovias e na Arena Corinthians são oferecidos para quem bancar gasto

Obras da Arena Corinthians está mais de 50% concluída

Obras da Arena Corinthians está mais de 50% concluída

Foto: Divulgação / Odebrecht

Governo do Estado e Corinthians oferecem a patrocinadores espaço na Arena Corinthians, no metrô, em estações de trem e até em rodovias para quem bancar gastos com a abertura da Copa de 2014.

A publicidade na arena pode ser explorada desde a sua inauguração até ela ser entregue à Fifa, em abril de 2014. Os gastos são estimados em R$ 70 milhões.

Se nada disso funcionar, cada parte vai arcar com suas responsabilidades, previstas em contrato. O Estado, nesse caso, bancaria cerca de 20 mil assentos provisórios. O governo nega ter desistido de fazer o pagamento, contrariando informação publicada hoje no jornal “O Estado de S.Paulo”. Sustenta que a prioridade, no entanto, é encontrar patrocinadores.

Sem patrocínio, Prefeitura e Corinthians ficariam com o restante da conta, que inclui uma série de gastos com estruturas necessárias somente para a abertura, como bancadas extras para jornalistas. O orçamento final não está pronto.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes