No Mundial de Clubes, Fifa decidirá qual tecnologia usar para Copa de 2014

No Mundial de Clubes, Fifa decidirá qual tecnologia usar para Copa de 2014

Estádio do Corinthians vai abrir a próxima Copa do Mundo

Estádio do Corinthians vai abrir a próxima Copa do Mundo

Para a Copa-2014, a Fifa vai escolher apenas uma entre as duas tecnologias atualmente disponíveis para determinar se a bola ultrapassou a linha do gol. Foi o que afirmou o presidente da entidade, Joseph Blatter.

Ao aprovar o uso da tecnologia, a Fifa decidiu que testaria os dois sistemas. Um deles funciona por meio de um chip na bola que responde a sensores. O outro verifica se houve gol por meio de uma série de câmeras. Ambos serão testados durante o Mundial de Clubes 2012.
"A Goal line estará disponível. Vamos ter esses sistemas implantados na Campeonato Mundial de Clubes. Um será instalado em um campo e outro, em um segundo campo. Depois veremos qual será escolhido", afirmou o dirigente.

Há uma preocupação de Blatter de que o árbitro não fique sobrecarregado com equipamentos. Será ele o responsável por testar e verificar os sistemas que serão utilizados nos campos.

O presidente da Fifa praticamente descartou o uso de cinco juízes na Copa, com dois nas linhas de fundo próximos às traves. Disse que, como não foram escalados nas eliminatórias, também não devem ser utilizados no Mundial.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Fiel já garantiu 20 mil ingressos para duelo contra o Botafogo

    Corinthians divulga primeira parcial de ingressos contra o Botafogo na Arena

    ver detalhes
  • Paulinho, perto do Barcelona (ESP), em uma das visitas ao CT Joaquim Grava

    Maior venda da história do Corinthians, Paulinho renderá mais dinheiro com ida ao Barcelona

    ver detalhes
  • Me desculpa, Cássio!

    [Mayara Munhoz] Me desculpa, Cássio!

    ver detalhes
  • Romarinho dá a cavadinha, encobre Orión e empata a primeira final na Bombonera

    Gol de Romarinho na Bombonera faz cinco anos: 'Marcado na minha vida e na história do Corinthians'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes