Ramires, do Chelsea, sobre o Mundial: 'Não nos preocupamos com adversários' ...

Ramires, do Chelsea, sobre o Mundial: 'Não nos preocupamos com adversários' ...

Os europeus não costumam valorizar o Mundial de Clubes mas, segundo Ramires, o Chelsea não vai ao Japão a passeio. Em 107 anos de história, esta será a primeira participação do clube na competição. Em entrevista ao LANCENET!, dias antes de ouvir provocação de Emerson Sheik, que o acusou de menosprezar o Corinthians, o volante disse que não se preocupa com os rivais.
– Teoricamente, é a chave mais difícil, pelo fato de pegar ou o time mexicano ou o campeão da Liga da Ásia, mas não estamos preocupados com isso. Só um time será campeão e este não pode escolher adversário.
Veja a entrevista do volante do Chelsea:
Vocês estão estudando o Corinthians?
Por ser brasileiro, conheço bem o Corinthians. Nossa equipe pensa, mas ainda não estamos fazendo nada visando a preparação para o jogo. Estamos envolvidos na disputa do Inglês e da Liga dos Campeões. Na hora certa, vamos voltar o foco.
O que sabem dos outros adversários?
Sinceramente, bem pouco. Mas na hora certa o (técnico) Di Matteo vai nos preparar.
Você vive grande fase. Como está a sua relação com a torcida?
Muito boa. Tem tudo dado certo para mim no Chelsea. Vivo a melhor fase da minha carreira e espero conquistar mais títulos. Os torcedores me abordam, me agradecem por ter feito parte do primeiro título da Liga do clube. É uma satisfação ter esse reconhecimento.
Quem pode decidir a favor do Chelsea?
Temos muitos jogadores capazes. Vamos torcer para estarmos num bom momento no Mundial.
Você é um deles, não?
Vivi a emoção de decidir aquele jogo contra o Barcelona pelas semifinais e, se acontecer de novo, seja contra o Corinthians ou contra outra equipe, será muito bom. Foi uma das melhores sensações que tive na carreira.
Acha que a torcida do Chelsea pode invadir o Japão, como está fazendo a do Corinthians?
Espero que sim. Contar com o apoio da torcida é positivo.
Os clubes europeus não costumam valorizar o Mundial como os sul-americanos. Como está o Chelsea em relação a isso?
Estou com muita vontade de ser campeão, e os demais jogadores do Chelsea também estão. Ainda não tivemos um papo sobre nossas expectativas quando ao torneio, mas esse grupo tem por características a vontade de vencer tudo o que disputa. Com o Mundial não será diferente.
E o Oscar? Como ele foi recebido pelos demais jogadores?
Muito bem. Para nós, é um prazer contar com ele. Será mais capaz de ajudar, como já vem ajudando o Chelsea no Campeonato Inglês e na Liga dos Campeões.
No começo da temporada saíram jogadores importantes, como Drogba. Como está essa reconstrução?
Os jogadores que saíram farão falta, mas os que chegaram já estão mostrando que são capazes de suprir essas ausências. O Chelsea continua muito forte.

Fonte: Lancenet - Vai Corinthians!

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes