Terceira melhor equipe no returno, Timão mira melhorar campanha fora de casa

Terceira melhor equipe no returno, Timão mira melhorar campanha fora de casa

Tite estimula a competitividade entre os jogadores

Tite estimula a competitividade entre os jogadores

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

São 15 pontos conquistados em 24 disputados. Aproveitamento de 62%. Segundo melhor ataque com 13 gols marcados, apenas um a menos que o Bahia. Terceira melhor defesa com apenas seis gols sofridos, um a mais que São Paulo e Atlético-MG. Estes são os números do Corinthians no segundo turno do Campeonato Brasileiro, que lhe asseguram a terceira colocação no returno, atrás apenas de Bahia e Fluminense, que conquistaram 17 pontos.

Por tudo isso, o Timão está em oitavo lugar e próximo de alcançar o rival São Paulo, que ocupa a quinta colocação. Apenas quatro pontos separam os dois (39 e 43 pontos, respectivamente). Eis aí a possibilidade de o clube ainda ser o melhor paulista na competição.

'Eu vou falar tudo isso para eles (números do segundo turno). Cada pequeno reconhecimento, cada pequena busca é o que temos. São pequenos objetivos que vão fortalecendo a equipe', afirmou Tite.

O segredo para a recuperação do bom futebol, que deu ao time o título da Libertadores deste ano e o Brasileiro no ano passado, está na briga interna por posição. Desta maneira, Tite tem conseguido arrancar a antiga vibração mesmo sem o time ter um grande objetivo.

'O Corinthians continua intenso nos seus jogos e treinamentos. É assim que se prepara a equipe. É assim que vamos continuar fazendo. Não estamos abrindo mão e relaxando em momento algum', disse.

Se os jogadores estão mudando, já que Emerson e Jorge Henrique não têm jogado e Chicão também está fora, Tite aposta no famoso padrão corintiano para manter o bom futebol do segundo turno.

'Temos que repetir padrão', afirma.

Satisfeito com o desempenho do grupo, que voltou a vencer por três gols de diferença após dois meses (a última vez fora contra o Flamengo, no Rio, dia 18 de julho), Tite agora quer ver o Corinthians forte como visitante. Até aqui são apenas três vitórias, cinco empates e cinco derrotas fora de casa. Nada melhor do que mostrar essa força contra o Náutico, que venceu nove de 13 partidas nos Aflitos.

'Temos que ir em busca de vencer uma equipe (Náutico) que dentro de casa tem vencido sempre', enfatizou o técnico, que ainda cobra os seis pontos para chegar à tão falada zona de segurança dos 45 pontos no Brasileirão.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes