Terceira melhor equipe no returno, Timão mira melhorar campanha fora de casa

Terceira melhor equipe no returno, Timão mira melhorar campanha fora de casa

Tite estimula a competitividade entre os jogadores

Tite estimula a competitividade entre os jogadores

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

São 15 pontos conquistados em 24 disputados. Aproveitamento de 62%. Segundo melhor ataque com 13 gols marcados, apenas um a menos que o Bahia. Terceira melhor defesa com apenas seis gols sofridos, um a mais que São Paulo e Atlético-MG. Estes são os números do Corinthians no segundo turno do Campeonato Brasileiro, que lhe asseguram a terceira colocação no returno, atrás apenas de Bahia e Fluminense, que conquistaram 17 pontos.

Por tudo isso, o Timão está em oitavo lugar e próximo de alcançar o rival São Paulo, que ocupa a quinta colocação. Apenas quatro pontos separam os dois (39 e 43 pontos, respectivamente). Eis aí a possibilidade de o clube ainda ser o melhor paulista na competição.

'Eu vou falar tudo isso para eles (números do segundo turno). Cada pequeno reconhecimento, cada pequena busca é o que temos. São pequenos objetivos que vão fortalecendo a equipe', afirmou Tite.

O segredo para a recuperação do bom futebol, que deu ao time o título da Libertadores deste ano e o Brasileiro no ano passado, está na briga interna por posição. Desta maneira, Tite tem conseguido arrancar a antiga vibração mesmo sem o time ter um grande objetivo.

'O Corinthians continua intenso nos seus jogos e treinamentos. É assim que se prepara a equipe. É assim que vamos continuar fazendo. Não estamos abrindo mão e relaxando em momento algum', disse.

Se os jogadores estão mudando, já que Emerson e Jorge Henrique não têm jogado e Chicão também está fora, Tite aposta no famoso padrão corintiano para manter o bom futebol do segundo turno.

'Temos que repetir padrão', afirma.

Satisfeito com o desempenho do grupo, que voltou a vencer por três gols de diferença após dois meses (a última vez fora contra o Flamengo, no Rio, dia 18 de julho), Tite agora quer ver o Corinthians forte como visitante. Até aqui são apenas três vitórias, cinco empates e cinco derrotas fora de casa. Nada melhor do que mostrar essa força contra o Náutico, que venceu nove de 13 partidas nos Aflitos.

'Temos que ir em busca de vencer uma equipe (Náutico) que dentro de casa tem vencido sempre', enfatizou o técnico, que ainda cobra os seis pontos para chegar à tão falada zona de segurança dos 45 pontos no Brasileirão.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes