Guerrero tem grande chance pela frente de se firmar no ataque do Corinthians

Guerrero tem grande chance pela frente de se firmar no ataque do Corinthians

6.4 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Guerrero tem uma grande oportunidade pela frente

Guerrero tem uma grande oportunidade pela frente

A fase de testes e descansos para os titulares do Corinthians já começou. E, neste momento, a oportunidade para jogadores que ainda não conseguiram se firmar costuma surgir. No sábado contra o Náutico, no Recife, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro, ela cairá no colo do peruano Paolo Guerrero.

Com Emerson e Romarinho suspensos, a dupla de ataque do Corinthians em Pernambuco deverá ser toda formada por estrangeiros. A escalação do argentino Martínez, que nesta quarta-feira atuou pela seleção de seu país contra o Brasil, ainda não está confirmada - o técnico Tite estuda dar folga aos atletas que participaram do Superclássico das Américas -, mas a entrada de Guerrero é certa.
No treino tático desta quarta, no CT do Parque Ecológico, Tite escalou um esboço do time que enfrentará o Náutico, no estádio dos Aflitos. E nesse time Guerrero apareceu como titular. Desde que chegou ao clube, logo depois da conquista da Copa Libertadores, o atacante jamais conseguiu cumprir as expectativas depositadas na contratação dele. O peruano foi adquirido para chegar e tomar conta do ataque ao lado de Emerson.

Mas primeiro por estar em defasagem física em relação ao elenco corintiano e depois por causa da ascensão de Romarinho e da rápida adaptação de Martínez ao time, Guerrero acabou como opção de banco. As convocações para defender a seleção do Peru nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014 também têm atrapalhado a vida do jogador no clube.

Desde que chegou, há mais de dois meses, Guerrero participou apenas de sete jogos e marcou uma única vez (contra o Botafogo, no Engenhão) - pouco para um atacante considerado o melhor de seu país e com passagem de relativo sucesso pelo futebol alemão (defendeu o Bayern de Munique e o Hamburgo).

Fonte: Dm.com

Veja Mais:

  • Rodriguinho lamenta oportunidade desperdiçada pelo ataque corinthiano

    Corinthians sufoca Millonarios, não é eficaz e perde na estreia de Loss

    ver detalhes
  • Seguro defensivamente e boa opção na frente, Sidcley foi eleito melhor do Corinthians

    Sidcley vai bem e Rodriguinho destoa: veja as notas dos corinthianos em derrota na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians pode reencontrar Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores-2018

    Sete cascudos e um novato: os possíveis rivais do Corinthians nas oitavas da Libertadores

    ver detalhes
  • À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes