Corinthians acerta financiamento com BNDES e garante Arena Corinthians no prazo

Corinthians acerta financiamento com BNDES e garante Arena Corinthians no prazo

Estádio do Corinthians vai ficar pronto dentro do prazo

Estádio do Corinthians vai ficar pronto dentro do prazo

O empréstimo de R$ 400 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) ao Corinthians para o término da construção de sua arena em Itaquera está acertado, e muito próximo de ser anunciado de forma oficial.

Uma reunião entre Mário Gobbi, presidente corintiano, representantes do BNDES, do Banco do Brasil e da Odebrecht, além de Guido Mantega, ministro da Fazenda, selou definitivamente o acordo para a liberação do dinheiro, que deve chegar ao seu destino ainda na primeira quinzena do mês de outubro.

Outra boa notícia, não só para o torcedor corintiano, mas também para o brasileiro que torce para ver a abertura da Copa do Mundo de 2014 em São Paulo, é sobre o andamento das obras da arena.

A futura casa do Timão entrará em 2013 com 60% das obras completadas, e a previsão é que continue cumprindo com exatidão o cronograma traçado pelos responsáveis até a abertura oficial.

A notícia confirmada nesta sexta-feira (5) afasta completamente o risco de paralisação das obras, como chegou a ser ventilado por setores da imprensa, pelo fato de a construtora Odebrecht já ter utilizado praticamente 100% dos recursos disponíveis que tinha para tocar a construção.

Fonte: R7

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes