Com gol contra de Ralf no fim, Corinthians perde do Náutico nos Aflitos

Com gol contra de Ralf no fim, Corinthians perde do Náutico nos Aflitos

O Corinthians não conseguiu se aproximar da pontuação tida como ideal pelo técnico Tite para colocar o foco da equipe na disputa do Mundial de Clubes. Neste sábado, o time paulista foi até o estádio dos Aflitos e segurava o empate diante do Náutico, um dos melhores mandantes nestas 28 rodadas do Brasileirão, até que com um gol contra do volante Ralf, perdeu para o time alvirrubro, por 2 a 1.

Depois de um início morno de jogo, o time da casa abriu o placar em um belo gol de Kieza. O camisa 9 foi lançado por Jean Rolt aos 30 minutos de jogo, driblou duas vezes Fábio Santos, deixou o lateral esquerdo no chão, e bateu sem ângulo, entre as pernas de Cássio, para abrir o placar.

Ainda na primeira etapa, Guerrero aproveitou a bola dividida dentro da área para empatar. Após assustar no segundo tempo, com Kieza, o Náutico chegou à vitória aos 40 minutos do segundo tempo. Rogério fez a jogada pela direita e cruzou. Ralf, que salvara o time paulista ao tirar a bola em cima da linha 15 minutos antes, mandou contra a meta para decretar a vitória dos mandantes em Pernambuco.

Com o resultado, o Corinthians parou nos 39 pontos, ainda a seis da meta planejada por Tite, para deixar o clube em situação tranquila no Brasileiro, sem risco de rebaixamento. O Náutico, por sua vez, tem 37 pontos, sendo que destes, 32 foram conquistados no seu estádio, mostrando a dependência da equipe de atuar diante de sua torcida.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira. O Náutico desafiará a pressionada Ponte Preta, às 19h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli. O Corinthians, por sua vez, receberá o Flamengo, no Pacaembu. O encontro está marcado para acontecer às 22 horas (de Brasília).

O jogo

Antes de a bola começar a rolar, um fato inusitado aconteceu nos Aflitos. Paulinho reencontrou seu pai, que estava na arquibancada do estádio e o via há 12 anos, e ficou bastante emocionado. Com o apito de Heber Roberto Lopes, era o Náutico quem tentava tomar a atitude no ataque.

Capitão alvirrubro, Martinez era o que mais aparecia para armar a equipe e foi quem criou a principal chance até então, aos 12 minutos de partida. O camisa 7 aproveitou o rebote na meia-lua e pegou firme. Cássio defendeu no susto e ela sobrou para o meio-campista, que desta vez mandou para fora.

Diante do jogo truncado, eram nas jogadas de bola parada que os times tentavam chegar às metas rivais. Estas, porém, não eram efetivas e o Corinthians respondeu apenas aos 21 minutos. Douglas recebeu no lado direito, ainda fora da área e emendou chute cruzado. A bola passou com perigo, à direita do gol de Felipe.

Veloz nas jogadas pelo lado do campo, o Náutico criou boa chance na esquerda, quando Douglas Santos carregou a defesa rival e cruzou para Araújo. A bola passou do atacante e ele tentou de letra, para corte da zaga alvinegra. Aos 30 minutos, porém, o time da casa fez tudo certo e conseguiu seu gol.

Jean Rolt fez belo lançamento do campo de defesa, para Kieza no lado direito. O camisa 9 dominou no peito, invadiu a área, driblou Fábio Santos duas vezes, deixou o jogador corintiano no chão e, sem ângulo, mandou entre as pernas de Cássio para abrir o placar em Recife (PE). Foi o décimo gol do jogador neste Brasileiro, artilheiro da equipe na competição.

Atrás no placar, a equipe de Tite passou a tocar mais a bola, para tentar encontrar brechas na zaga pernambucana. A cada vez que o time rodava a bola no meio-campo, a torcida dos Aflitos vaiava o rival, que conseguiu seu empate aos 44 minutos. Martínez gerou sobre seu marcador, partiu em velocidade, mas perdeu a bola próximo à área.

Paulinho ainda brigou e, após dividir com a defesa da equipe anfitriã, Guerrero sobrou com a bola, limpa, dentro da área, para tocar na saída de Felipe e empatar o placar nos Aflitos. Ainda com Alessandro, o Corinthians tentou virar em bola cruzada na área, mas a jogada não surtiu efeito e os dois times seguiram para o intervalo empatados.

Na segunda etapa, o ritmo manteve-se morno e os dois times pouco incomodaram os goleiros rivais. Alexandre Gallo ainda decidiu mudar o zagueiro Alemão, que sentira uma lesão na primeira etapa, para entrada de Alison, enquanto Rogério assumiu a vaga de Araújo. A alteração, porém, não deixou o Timbu mais ofensivo.

Tite, por sua vez, tirou Danilo, que fez partida apagada, para a entrada de Edenílson. Diante do ímpeto dos mandantes em aproveitar o fato de atuar em casa, o Corinthians era mais contido e contava especialmente com o armador Douglas para puxar contra-ataques e tentar assustar o goleiro Felipe.

Kieza foi lançado livre de marcação, segundo a arbitragem em condição legal e disparou livre. O camisa 9 dividiu com Cássio, que apenas amorteceu a bola. O volante Ralf se recuperou rapidamente para tirar a bola.

O camisa 5, porém, foi o vilão aos 39 minutos. Rogério fez bela jogada pelo lado direito, desceu em velocidade e cruzou na primeira trave. Ralf tentou se antecipar para tirar o perigo, mas mandou contra a meta do goleiro Cássio e deu números finais à partida, dando a vitória para o Náutico.

As informações são do iG

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Henrique

    Henrique 35 comentários

    5º. por @henrique4e20

    Alessandro apoio e o walasse jogo o que jogga sempre quem foi mal foi o Fabio Santos que marcou mal o lance dos dois gols e na moral ninguém percebe que o Timão não jogou bem 1° por causa do gramado e esse resultado fi ótimo pra ajudar a afundar o guarani da capital o Corinthians tem time pra passar o babão nesse nautico e guerreiro jogou bem meteu um gol de centroavante o time não passsa pra ele e aqui só tem corneteiro é foda

    Foto do perfil de Gabriel

    Gabriel 4218 comentários

    06/10/2012 às 19h50 por @thegabrianjo

    O TIMÂO não jogou bem, as laterais estavam bem vuneráveis e a zaga muito lenta, perdia todas para qualquer jogador veloz, douglas e Danilo sumiram,.
    Vale apena tentar anderson polga, acho que guerrero não vai se dar muito bem no CORINTHIANS, por causa do esquema, ele fica muito centralizado longe de todos e dificulta o toque de bola, ainda prefiro Sheik, Romarinho e Martínez o CORINTHIANS fica bem melhor sem um jogador de referência, agora o Guerrero seria boa opção para o banco.
    VAI CORINTHIANS! ! !

  • Foto do perfil de Michelle

    Ranking: 49ª

    Michelle 612 comentários

    4º. por @michelle.fatima

    Nossa o Cara faz GOL e não ta bom... O que vocês querem? Vão se ferrar bando de corneteiros.O TIME não estava bom hoje. Se o DOUGLAS E O Danilo não jogarem bem o ataque não funciona APRENDAM ISSO cambada.

  • Foto do perfil de Lukas

    Lukas 27 comentários

    3º. por @lukas.podolski

    Vai se ferrar Galvão !, se o Corinthians ganha você irir puxar o saco do guerrero ! Seu Poser, otário, você não é corinthiano vê se some daqui mané !

    Foto do perfil de Galvão

    Galvão 16 comentários

    06/10/2012 às 19h34 por @galvao.de.oliveira

    Com mais uma atuação desastrosa de Paolo Guerrero o pior estrangeiro a jogar no Brasil (Botinelli também é outro gringo horrível) e mais uma péssima atuação de Tite, que tem Anderson Polga no plantel e não usa; que não percebeu que Douglas não estava jogando nada. Cansei de ver boas jogadas do Corinthians acabarem nos pés de Guerrero que prendia a bola ou recebia um bom passe e devolvia um tijolo. Falta ao mesmo técnica, objetividade e velocidade. PIOR JOGO do Timão esse ano.

  • Foto do perfil de Gabriel

    Ranking: 73º

    Gabriel 4218 comentários

    2º. por @thegabrianjo

    O TIMÂO não jogou bem, as laterais estavam bem vuneráveis e a zaga muito lenta, perdia todas para qualquer jogador veloz, douglas e Danilo sumiram,.
    Vale apena tentar anderson polga, acho que guerrero não vai se dar muito bem no CORINTHIANS, por causa do esquema, ele fica muito centralizado longe de todos e dificulta o toque de bola, ainda prefiro Sheik, Romarinho e Martínez o CORINTHIANS fica bem melhor sem um jogador de referência, agora o Guerrero seria boa opção para o banco.
    VAI CORINTHIANS! ! !

  • Foto do perfil de Galvão

    Galvão 16 comentários

    1º. por @galvao.de.oliveira

    Com mais uma atuação desastrosa de Paolo Guerrero o pior estrangeiro a jogar no Brasil (Botinelli também é outro gringo horrível) e mais uma péssima atuação de Tite, que tem Anderson Polga no plantel e não usa; que não percebeu que Douglas não estava jogando nada. Cansei de ver boas jogadas do Corinthians acabarem nos pés de Guerrero que prendia a bola ou recebia um bom passe e devolvia um tijolo. Falta ao mesmo técnica, objetividade e velocidade. PIOR JOGO do Timão esse ano.