Depois de recusar oferta do BMG, Corinthians sofre para achar patrocínio

Depois de recusar oferta do BMG, Corinthians sofre para achar patrocínio

18 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Corinthians continua com a camisa sem patrocínio

Corinthians continua com a camisa sem patrocínio

Definir um patrocinador máster tem sido a maior saga do Corinthians em 2012.

Após recusar R$ 28 milhões anuais e até levar calote, o clube agora negocia com uma empresa japonesa que pretende estampar sua marca na camisa alvinegra na reta final do Brasileiro e no Mundial de Clubes por R$ 8 milhões.

Na empolgação pelo título da Libertadores , o Corinthians sonhava com até R$ 50 milhões por temporada. Quando encerrou-se o acordo com a Hypermarcas, no final de abril, o banco BMG ofereceu R$ 28 milhões anuais --proporcionalmente, R$ 18 milhões até o fim do ano.

O clube recusou. Adotou patrocínios pontuais na segunda fase da Libertadores , como Iveco e Magazine Luiza, e lucrou R$ 7,2 milhões.

Após ceder espaço a entidades beneficentes em oito jogos --para possível contrapartida social referente ao terreno do Itaquerão, conforme revelou a Folha--, o clube fechou negócio com uma empresa chamada Apito Promocional, que oferecia pacotes corporativos para o Mundial de Clubes do Japão .

O acordo de cerca de R$ 1,5 milhão serviria para sete jogos. Mas a empresa pagou duas parcelas, atrasou a terceira e o presidente Mário Gobbi ordenou que a logo fosse tirado da camisa contra o Sport , no domingo passado.

Agora, segundo apurou a reportagem, o clube negocia com uma empresa japonesa de produtos eletrônicos --a única que poderia estampar sua marca no Mundial, pois a Fifa permite apenas o patrocínio master durante o torneio, e apenas no peito.

Fisk, que paga R$ 10 milhões anuais pela barra da camisa, e TIM, R$ 2 milhões por ano por anúncio dentro do número, não aparecerão nos dois jogos do time na Ásia.

De acordo com balanço do próprio clube, o Corinthians arrecadou R$ 19,4 milhões em patrocínios e publicidades entre janeiro e julho --o número não contempla apenas patrocínios de camisa.

Dentro do Corinthians , sobram críticas ao departamento de marketing pela demora em formalizar um parceiro, como já fizeram os rivais.

Palmeiras , São Paulo e Santos lucram, respectivamente, R$ 25 milhões, R$ 23 milhões e R$ 20 milhões/ano com Kia, Semp Toshiba e BMG. A Hypermarcas, parceira do Corinthians nas duas últimas temporadas, pagava cerca de R$ 28 milhões por ano --outros cerca de R$ 12 milhões iam para Ronaldo .

O Corinthians argumenta que o aumento dos ganhos com direitos de TV, os lucros com bilheteria (R$ 25,5 milhões entre janeiro e julho) e os acordos pontuais gerou uma gordura financeira que lhe dá "tranquilidade" para definir o novo patrocinador.

Em 2011, o clube arrecadou R$ 112,4 milhões em direitos de TV. Nos primeiros sete meses de 2012, o ganho, segundo relatório do Corinthians , ultrapassou R$ 114 milhões.

Enquanto isso, o clube continua a explorar sua camisa. Anteontem, divulgou ações para atrair mais sócios. Um dos planos é aproveitar "a excelente exposição do manto alvinegro" com mensagens convidativas trocadas a cada três partidas.

Em 2011, o Corinthians lucrou R$ 44,3 milhões em patrocínios e publicidades e R$ 14,7 milhões em premiações, loterias e sócios-torcedores.

Fonte: ESP Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta quarta-feira

    Fora de casa? Sem problema! Final da Liga Ouro tem transmissão na TV nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes
  • Maldonado atendeu a reportagem do Meu Timão no hotel na cidade de Atibaia

    Maldonado relembra estágio no Corinthians e cita três jogadores que gostaria de levar ao Colo-Colo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes