Marcelinho Carioca e Dinei não se elegem vereadores em São Paulo

Marcelinho Carioca e Dinei não se elegem vereadores em São Paulo

A bancada da bola está meio murcha com os eleitores. Nos pleitos municipais deste domingo pelo Brasil, ex-jogadores e dirigentes de clubes de futebol populares do país fracassaram nas urnas. Ídolos do Corinthians e companheiros de várias conquistas com a camisa alvinegra, Marcelinho Carioca e Dinei não foram felizes ao tentarem os cargos de vereadores nas eleições da capital paulistana.
Candidato pelo PSB, o Pé de Anjo ganhou 19.729 votos. Sua coligação (PP/PT/PSB) elegeu 15 vereadores, mas ele acabou em 28º lugar. Já Dinei, do PDT, teve 9.243 votos. Seu partido não conseguiu emplacar um sequer no cargo.
Um ex-palmeirense também não teve sucesso. Ademir da Guia (PR), ícone do Verdão na década de 70, conseguiu 14.345 votos e acabou longe de ser eleito. Seu partido fez três vereadores, e ele acabou em sexto.
Ex-superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha (PSD), por sua vez, conseguiu a reeleição, com 40.130 votos.

Fonte: Globo Esporte - Corinthians

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes