Corinthians quer superar desfalques para bater Flamengo

Corinthians quer superar desfalques para bater Flamengo

771 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O técnico Tite ganhou uma nova dor de cabeça para montar a equipe do Corinthians que enfrenta o Flamengo, nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele não poderá contar com Danilo, que sofreu um edema na coxa esquerda no treino desta terça.


Danilo virou mais um desfalque em uma equipe desfigurada que já não conta com três jogadores que defendem suas seleções: Paulinho, o argentino Martínez e o peruano Guerrero. Emerson não tem presença garantida. Seu aproveitamento depende de um julgamento do STJD na tarde desta quarta, no Rio de Janeiro. Se sua pena for reduzida, ele vai para campo como titular.

Curiosamente, Danilo iniciou o coletivo desta terça entre os titulares jogando mais adiantado, como um falso camisa nove. Mas em dez minutos de treino ele sentiu a coxa. Resultado: um edema que o tira do jogo desta quarta e o deixa como dúvida para enfrentar a Portuguesa, no sábado, no Canindé.

Quando Danilo deixou o campo, Tite treinou com Emerson entre os titulares, mesmo sem saber se ele terá condição de jogo. 'Esperamos que o Emerson seja absolvido. Caso não seja, acho que quem joga é o Adílson, provavelmente será ele', afirmou o zagueiro Paulo André - Tite não concedeu entrevistas como é de praxe em véspera de jogo.

Com tantos desfalques, o técnico não tem muitas opções para escalar o Corinthians do meio de campo para frente. Quem tem lugar certo no time: Ralf, Guilherme, Edenílson e Douglas. Esse será o meio de campo. No ataque, joga Romarinho. Ou ao lado de Emerson ou do ainda irregular Adílson, como disse Paulo André. Uma outra opção é escalar mais um jogador no meio de campo (chance grande para o jovem Giovanni) e deixar Romarinho isolado na frente.

Pelo menos a defesa estará completa, o que não deixa de ser um ponto forte contra o ataque do Flamengo encabeçado por Vágner Love - Liedson é banco. 'Não podemos deixar espaço, o Vágner Love se movimenta bastante, é um ataque de peso', falou Paulo André.

Com 39 pontos, o Corinthians está a seis de conquistar a sua meta de não correr mais algum risco de rebaixamento. Isso significa amealhar mais duas vitórias. O mundo ideal seria bater o Flamengo e ganhar da Portuguesa, no sábado. Ao atingir os 45 pontos, a chamada zona de segurança, o time iniciará a preparação para o Mundial de Clubes - alguns titulares ganharão folga justamente para evitar lesões como a de Danilo.

'Quem jogou bastante tem mesmo de descansar, mas tem gente que atou pouco e pode aproveitar a chance para mostrar futebol', disse o volante Guilherme, o substituto de Paulinho.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

    'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Goleada contra o Paraná isolou Corinthians na liderança do Brasileirão

    Corinthians termina segunda rodada isolado na liderança do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Clube lançou campanha contra o preconceito com o futebol feminino

    Corinthians Feminino estampa frases machistas na camisa em ação por patrocínios; entenda

    ver detalhes
  • Mulherada do Corinthians venceu mais uma no Paulistão Feminino

    Grazi faz quatro, Corinthians goleia Juventus e segue 100% no Paulista Feminino

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes