Zizao vira xodó da Fiel

Zizao vira xodó da Fiel

Zizao ficou no banco no jogo contra o Flamengo

Zizao ficou no banco no jogo contra o Flamengo

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

A proximidade da zona de conforto do Corinthians na tabela do Brasileirão aumenta a expectativa e a ansiedade do torcedor para ver o chinês Zizao em campo pela primeira vez. Tite, cauteloso, espera, porém, o momento mais propício para dar a tão esperada oportunidade, aguçada no futebol brasileiro desde março.

A previsão para as as manifestações corintianas vistas na arquibancada do Pacaembu, na última quarta-feira, com gritos e cartazes, serem atendidas é o duelo contra o Bahia, no dia 20. Momento que Zizao não vê a hora que aconteça.

'Eu espero jogar o mais rapidamente possível. Eu estarei pronto. Vou jogar, e vocês vão ver', disse o chinês, em um inglês com muito sotaque. Ele agradeceu ainda o apoio que tem recebido dos torcedores com gritos de seu nome.

'Eu ouvi (as manifestações no Pacaembu, no jogo contra o Flamengo). Foi um sentimento muito bom. Obrigado aos torcedores.'

Atento e ciente da responsabilidade que tem em sua mãos para promover a estreia de Zizao, o técnico Tite entende que o momento para findar a curiosidade depositada em cima do futebol do chinês precisa acontecer em breve.

'Já passou da curiosidade para o apelo. Talvez seja em um jogo de menor grandeza', ressaltou o técnico, que levou Zizao para o banco de reservas contra o Flamengo pela semana proveitosa do chinês nos treinamentos.

'O torcedor quer (a estreia), eu quero e os colegas dele também. Vocês (jornalistas) ficam perguntando sobre isso porque também querem. É só encontrar o momento. O grande desafio de quem tem a responsabilidade de comandar não é enxergar as coisas, mas, sim, saber o momento de fazer', explicou o comandante.

Zizao chegou ao Corinthians em março, quando foi apresentado em uma grande cerimônia no teatro do Parque São Jorge. Desde a ocasião, só foi relacionado para quatro partidas e ficou no banco de reservas em apenas duas, a última contra o Flamengo. O chinês precisou, no período, passar por uma cirurgia para recuperar-se de uma lesão no ombro direito. Há mais de seis meses no Brasil, ele dispensou um tradutor no dia a dia no Timão e já esboça conversar em português.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • E o Jô? Tem ou não tem motivo para sorrir?

    Corinthians cutuca adversários e ironiza choradeira pelo calendário: 'Aqui não tem mimimi'

    ver detalhes
  • Meia Jadson pode voltar ao Corinthians no sábado; Pablo segue fora

    DM do Corinthians esvazia após 'semana light'; veja quem ainda se recupera

    ver detalhes
  • Balbuena segue como xerife do Corinthians

    Representante de Balbuena revela valor de oferta italiana recusada pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fiel Torcedor está cada vez mais perto de voltar a ser o maior do país

    Em uma semana, mais de mil novos sócios aproximam Corinthians de primeiro lugar no Torcedômetro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes