Portuguesa 1 x 1 Corinthians - Com dever cumprido, que venha o Chelsea!

Portuguesa 1 x 1 Corinthians - Com dever cumprido, que venha o Chelsea!

' Se depender do discurso do técnico Tite, o Corinthians, a partir de agora, já pode começar a poupar seus titulares sem dor na consciência. Nesta fria noite de sábado, o Timão atingiu sua meta de 43 pontos, ao empatar o clássico com a Portuguesa, por 1 a 1, no Canindé, em São Paulo, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.


De acordo com os cálculos de Tite, com 43 pontos o time alvinegro está livre do rebaixamento. Fato que o dará mais tranquilidade para começar a poupar seus principais jogadores. Com ponto somado, o time alvinegro ocupa a sétima posição provisória, com 16 pontos a mais que o Sport, o primeiro na degola.

Por outro lado, a Lusa continua ainda com uma distância confortável da zona da morte, uma vez que soma 37 pontos, na 12ª colocação. Mesmo assim, essa distância pode diminuir para sete pontos, caso o Leão da Ilha consiga surpreender o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

Que início, Timão!
Apesar de bastante movimentado, o início do jogo não foi nada bom para o Corinthians. Primeiro, porque o atacante Emerson Sheik começou a mancar logo nos primeiros minutos ?' seria substituído pelo garoto Giovanni depois de se arrastar em campo por quase 15 minutos.

Segundo, porque a Portuguesa conseguiu abrir o placar logo aos 12 minutos. O lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro alçou a na área em cobrança de falta pela direita, a bola passou por todos e entrou no canto direito do goleiro Cássio. Os corintianos reclamaram de um possível impedimento, mas os lusitanos, que estavam na área, não mudaram a trajetória da bola.

Patada de Douglas
A maré de azar alvinegra, contudo durou poucos minutos. Graças ao pé calibrado do sempre perseguido meia Douglas. Aos 16 minutos, o jogador arriscou da intermediária e emendou um belíssimo chute, que morreu no ângulo direito do goleiro Dida. No tradicional 'dormitório da coruja?.

A Lusa sentiu o gol e quase sofreu a virada, aos 26 minutos. Após tabelar com o atacante Romarinho, o lateral Alessandro cruzou na medida para o volante Edenilson. Mesmo sem marcação, o meio-campista pegou mal na bola e mandou á esquerda da meta de Dida.

Depois de uma primeira metade bem movimentada, a segunda parte do primeiro tempo foi sofrível. Os dois times pareciam ter se adaptada ao frio da capital paulista e o jogo esfriou assim como o clima. Somente nos últimos minutos o Timão tentou um abafa, mas sem muito efeito.

O frio venceu!
Assim como a primeira, a segunda etapa começou em um ritmo alucinante. Foram pelo menos duas boas chances alvinegras e uma rubro-verde antes dos dez minutos. Aos 11, o artilheiro Bruno Mineiro chegou a balançar as redes, após rebote de Cássio. O árbitro, contudo, assinalou impedimento inexistente.

Passados os minutos iniciais, o ritmo do jogo voltou a cair, assim como a temperatura de São Paulo. Com isso, o jogo se arrastou até o final, apenas com algumas chances esporádicas para os dois lados.

Próximos Jogos
Na próxima quarta-feira, às 22 horas, a Portuguesa volta a campo para enfrentar o Flamengo, no Estádio Canindé, em São Paulo. Enquanto isso, o Corinthians joga contra o Cruzeiro, no mesmo dia e horário, no Estádio Melão, em Varginha.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes